últimas notícias

Inovação madeirense de Duarte Caldeira recebe Medalha de Ouro

O primeiro Espumante produzido na Madeira acabado de ser premiado
📷  Duarte Caldeira e Filhos - Sexial Wines  📷
O homem sonha e a obra nasce. É verdade. E isso aplica-se às apostas ganhas sucessivamente por Duarte Caldeira com os vinhos que cria. Desta vez, a empresa madeirense Duarte Caldeira e Filhos - Seixal Wines, Lda, ganhou a Medalha de ouro com um inovador Espumante na ilha, no concurso Brut Experience 2018, que se realizou este fim-de-semana em Lisboa.

por Paulo Camacho

O Terras do Avô, primeiro Espumante produzido na Madeira, com 3 anos de estágio na garrafa, já está no mercado desde novembro de 2016, a preços entre os 30€ e os 35€.
Vai já na 2.ª edição, na qual foram lançadas 1.200 garrafas.
O espumante está a ser comercializado na Madeira, em Lisboa e no Porto.
A distinção do espumante produzido em 2014 com as castas verdelho (89%) e sercial (11%) foi na categoria “Super Reserva”.
O empresário refere que “logo à primeira vez que concorremos, fomos medalhados com o ouro...”.
Não quis deixar de agradecer a todos os que já beberam o Espumante Terras do Avô e que se referiram à sua qualidade, “porque de facto tinham razão”.

Aposta contínua na qualidade

Deixa bem claro que a norma da empresa “continuará a ser a Qualidade em primeiro lugar.
Duarte Caldeira recorda que depois do vinho branco ter ficado entre os 10 melhores vinhos brancos portugueses e o mais barato pela revista Visão, “agora foi a vez do Espumante. Obrigado a todos”.
Por seu turno, Sofia Caldeira, que integra igualmente a equipa da empresa do Seixal produtora do espumante premiado, sublinhou que “é o reconhecimento de um grande trabalho e persistência do pai, Duarte Caldeira, em produzir bons vinhos com produtos regionais” assim como o “trabalho de toda a equipa que trabalha nas Terras do Avô”, acentuando que se trata do reconhecimento da qualidade dos produtos da empresa.

Uma nota final para referir que o evento, realizado pela empresa Enophilo, apura os vinhos vencedores através de provas cegas.

Sem comentários