últimas notícias

Startup Retreat contribui com ideias para os aeroportos

As equipas presentes no Startup Retreat vão apresentar pitch de 3 minutos com novas ideias
📷  Startup Madeira  📷
A  equipa da ANA/Vinci airports foi convidada pela Startup Madeira e pelo Turismo de Portugal a participar enquanto parceiro especializado no Madeira Startup Retreat. A empresa multinacional apostou neste evento onde teve elementos da sua equipa regional e nacional para desafiar as startups através de um Hackathon. Um Hackathon integrado num programa mais alargado que permite às startups internacionais viverem na Madeira, ao longo de 2 meses, uma experiência única num "laboratório vivo". Assim grupos hoteleiros, aeroporto, portos, empresas de transportes e de animação turística são os parceiros escolhidos para testes de novas funcionalidades e/ou soluções.

por Paulo Camacho

Francisco Fernandes falou da mecânica das operações portuárias
📷  Startup Madeira  📷
Francisco Fernandes, diretor adjunto do Aeroporto da Madeira, deu a conhecer às equipas os detalhes da operação aeroportuária. E Ingrid Lourenço e Artur Arnedo, enquanto responsáveis das áreas de branding e comunicação corporativa e telecomunicações da ANA, respetivamente, lançaram desafios às startups, integrados na política de responsabilidade social do grupo.
No final, a ideia é que as startups internacionais consigam apresentar novos serviços, que permitam melhorar o apoio aos clientes e fomentar a comunicação do aeroporto com os diversos stakeholders (passageiros frequentes, hotéis, turistas, companhias aéreas, agências de viagens, empresas de alojamento local, rent-a-car, etc).
O hoteleiro André Barreto voltou a estar presente em iniciativas inovadoras, impulsionadas pelo presidente da Startup Madeira, Carlo Lopes, que está de pé, à direita na fotografia
📷  Startup Madeira  📷
Representantes de cada uma destas áreas também contribuíram com reuniões paralelas com as startups, a fim de colaborarem com a sua experiência no setor do turismo e lazer.
Agora, as soluções serão apresentadas à ANA/Vinci Airports hoje à tarde.
Num pitch de 3 minutos, as equipas presentes irão revelar as ideias e modelos que criaram nas últimas horas.
Este é o conceito deste Hackathon que pretende ser um momento dinâmico onde programadores, designers, gestores de projetos e especialistas colaboram de forma intensiva no desenvolvimento de novas soluções.

Sem comentários