últimas notícias

Pontinha vai ser aumentada depois dos projetos encomendados

O Governo Regional da Madeira deu ontem luz verde para a ampliação do Porto do Funchal. Em concreto, a Portaria n.º 197/2017, de 12 de junho, manda o executivo madeirense, através dos secretários regionais das Finanças e da Administração Pública e da Economia, Turismo e Cultura, que liberte os encargos orçamentais relativos à aquisição de Serviços para “Elaboração dos Projetos para o Prolongamento do Molhe-Cais Exterior (Molhe da Pontinha) e Cais 8 do Porto do Funchal”, no valor global de € 725.000,00, acrescido do IVA à taxa legal em vigor. Este montante encontra-se escalonado em dois anos, sendo €495.000,00 este ano, e €230.000,00 no económico de 2018.

A despesa emergente do contrato a celebrar relativa ao corrente ano económico tem origem no orçamento privativo da APRAM - Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira, S.A., e em 2018 por verbas adequadas a inscrever no orçamento do mesmo organismo.
A importância fixada para cada ano económico poderá ser acrescida do saldo apurado no ano anterior.
A Portaria entrou imediatamente em vigor.

Atente-se que o prolongamento da Pontinha pode chegar a mais 400 metros. Além de proporcionar mais cais acostável, vai proteger o Cais 8, do outro lado, à entrada do porto, mas que tem tido uma eficácia quase nula pela impossibilidade de atracar navios de cruzeiro na maior parte dos dias do ano, devido à ondulação que sacode os navios. Um cais que tem uma extensão de 330 metros e que foi construído mais para proteger a Praça do Povo e a Marina e que as autoridades chegaram a admitir que reuniria igualmente condições para atracagem de navios em segurança. Ainda chegaram a atracar uns três navios de cruzeiros mas depois jamais nenhum quis fazê-lo.

Sem comentários