últimas notícias

euroAtlantic entra nos jactos privados




A euroAtlantic airways (EAA) acaba de criar uma nova área de negócios, a Private Jets, anunciou o presidente do Conselho de Administração da empresa, Tomaz Metello, em comunicado.
Segundo o mesmo, a companhia participada pelo Grupo Pestana tomou a decisão com base nas recomendações do um estudo de mercado.
«O primeiro activo disponível na nova divisão da EAA, é um sofisticado Cessna Citation X de origem americana, considerado o jacto comercial de uso civil mais veloz do mundo», acrescenta o comunicado.
«Quisemos chegar ao mercado, com um produto fantástico (first-class), que agregasse know-how e tecnologia. A nossa escolha recaiu sobre o Citation X, um jacto intercontinental, capaz de atingir a velocidade Mach 0.92 além de um grande alcance. A euroAtlantic vai disponibilizar às empresas e aos empresários, um meio capaz de alcançar qualquer ponto do globo, com economias de tempo e escalas» disse Tomaz Metello, para quem «as crises também podem gerar oportunidades de negócios, veja-se o caso dos primeiros dias desta crise, no nicho da aviação comercial, no espaço de 72 horas, deixaram de ser operados, setenta e oito (78) aviões, beneficiando o mercado da compra de equipamentos».
O Cessna Citation X, comercializado pela euroAtlantic airways Private Jets, está equipado com dois motores Rolls Royce AE30007C1 (6.400 Libras / 3.000 Kgs. cada), pode transportar 10 a 12 passageiros numa «luxuosa cabine».

Sem comentários