últimas notícias

Projeto Bossa Livre inaugura MUDAS.HOTsummer este sábado

Lidiane Duailibi, Nuno Filipe, Norberto Cruz e Jorge Maggiore, interlocutores do projeto Bossa Livre
📷  MUDAS  📷

A 2.ª temporada do “
MUDAS.Hot Summer” assinala este sábado o começo da programação para o verão no MUDAS.Museu de Arte Contemporânea da Madeira, na Calheta.

por Paulo Camacho

A programação deste ano aposta na continuidade do projeto iniciado em 2017, tendo por objetivo a fidelização do público e o reforço da abertura do Museu à comunidade mas, também, a associação do MUDAS a outras expressões artísticas que enriqueçam e afirmem a sua oferta cultural.
O programa desta 2.ª edição disponibilizará um conjunto de atividades que incluirão artes performativas, música, cinema, teatro, exposições, masterclasses e oficinas criativas, além das habituais visitas orientadas às mostras patentes.
As atividades decorrerão nos fins-de-semana, entre os meses de junho e outubro. Todas com acesso gratuito, sendo exigido, no entanto, reserva prévia.

Bossa Livre este sábado

Neste sábado, dia 9, o MUDAS. Museu abrirá em horário alargado, entre as 10h00 e as 23h00, ininterruptamente, com entradas gratuitas a partir das 18h00.
Pelas 20h00 terá lugar uma visita orientada às exposições em cartaz e, pelas 21h00, será a vez da atuação de Lidiane Duailibi, Nuno Filipe, Norberto Cruz e Jorge Maggiore, interlocutores do projeto Bossa Livre que, nas palavras destes artistas, resulta de um encontro em jeito de fusão da música popular brasileira com o jazz, a música clássica e com a música eletrónica.
Ainda para este mês o MUDAS.Hot Summer tem confirmada a apresentação da produção de teatro “Peça para negócio de Miguel Ribeiro”, a 30 de junho, numa parceria com a companhia Rumo do Fumo.

Programa vasto até outubro

Para os meses de julho, agosto, setembro e outubro, estão agendados concertos, uma residência artística, exposições, artes performativas, workshops, marterclasses e oficinas criativas de expressão, além da apresentação de uma extensão do Festival de Cinema IndieLisboa, na qual serão projetadas as películas, Sollers Point, de Matt Porterfield (longa metragem da secção Silvestre), Infância, Adolescência, Juventude, de Rúben Gonçalves (longa metragem vencedora da Competição Nacional Novíssimos), Baronesa, de Juliana Antunes (longa metragem vencedora do Grande Prémio e Prémio Especial do Júri da Competição Internacional) e, Milford Graves Full Mantis da secção IndieMusic sobre o músico Milford Graves, exímio percussionista, histórico e influente músico da cena jazz e avant-garde.
Esta proposta integra, ainda, a projeção de uma seleção de curtas-metragens premiadas no certame deste ano, não esquecendo os mais novos que, à semelhança do ano anterior, terão a oportunidade de assistir a uma seleção de curtas da extensão júnior do Indie.

Informações adicionais e reservas devem ser feitas através do telefone 291820900 ou pelo e-mail: mudas@madeira.gov.pt.

Sem comentários