últimas notícias

Movimento portuário — 6.ª feira, 3 de novembro

Le Lyrial apresenta-se hoje no Funchal para uma curta escala de 6h30.
(Foto: DR)
O porto do Funchal regista nesta 6.ª feira, 3 de novembro, a presença do Mein Schiff 4 até às 14h00, sabendo-se que o navio agenciado por JFM Shipping, Lda., largará a essa hora rumo a Puerto del Rosario (Fuerteventura, Canárias). Das suas características demos conta, atempadamente, aquando da sua chegada a este porto. 
Por: Paulo Gilberto Camacho
Pelas 07h00, o megaiate Le Lyrial, agenciado por Blatas, Lda., amarra ao cais sul da Pontinha para uma curta escala que se prolongará até às 13h30. O navio vem de Casablanca (Marrocos) e segue para Arrecife de Lanzarote (Canárias).
Pertencente à Compagnie du Ponant, entrou ao serviço em 2015 e desloca 10.992 tons de arqueação bruta. Mede 142,10m de comprimento por 18m de boca (largura) e 4,8m de calado. Construído nos estaleiros italianos de Fincantieri, Ancona, navega com bandeira francesa. Tem como irmãos gémeos Le Boreal, L’Austral e Le Soléal.

O Balmoral da Fred Olsen Cruise Lines está de novo no cais norte da Pontinha.
(Foto: DR)
Também pelas 07h00, mas com amarração ao cais norte da Pontinha, é esperado o Balmoral procedente de Lisboa. Pelas 16h00 largará rumo a Bridgetown (Barbados). Está agenciado por JFM Shipping, Lda. 
O Balmoral entrou ao serviço em 1988, tendo sido construído nos estaleiros Meyer Werft, Alemanha. Foi remodelado em 2003 e 2014. Desloca 43.537 tons de peso bruto e mede 217,91m de comprimento por 32,20m de boca (largura). Navega com bandeira das Bahamas e opera para a Fred Olsen Cruise Lines UK.
O Atalaya é o último dos quarto patrulhas oceânicos "Classe Serviola" da Armada Espanhola.
(Foto: DR)

Ainda no porto do Funchal, pelas 11h00, amarra ao cais sul da Pontinha o patrulha espanhol Atalaya que vem do alto mar. Com agenciamento garantido por JFM Shipping, Lda., o navio regressará ao alto mar pelas 18h00 do próximo domingo, dia 5.
O Atalaya é o último dos quarto patrulhas oceânicos "Classe Serviola" da Armada Espanhola. Formam uma série de patrulhas oceânicos construidos no inicio da decada de 90 nos estaleiros de NAVANTIA (antiga Empresa Nacional Bazan). Não dispomos de mais dados deste navio.
O Gas Alice vem de Sines e para lá regressará após descarga de combustível no terminal da CLCM.
(Foto: DR)
Por fim, respeitante ao terminal marítimo da CLCM, no Caniçal, é esperado, pelas 04h00, o Gas Alice que amarra às bóias de suporte para descarga de combustível. A sua operação deverá estar terminada pelas 08h00 do dia seguinte, regressando ao porto de origem. Está agenciado por JFM Shipping, Lda.
Construído em 2006, este navio que navega com bandeira de Chipre, desloca uma tonelagem bruta de 2.997t, o seu peso morto é de 3.147t e mede 95,88m de comprimento por 15m de boca (largura).

Sem comentários