últimas notícias

Portos da Madeira vão explicar obras aos passageiros

A APRAM conta colocar dentro de um mês no Porto do Funchal algumas lonas gigantes que visam dar conta aos passageiros dos navios de cruzeiro que nos visitam do futuro terminal de passageiros que ali está a ser construído. Bruno Freitas confirmou que fruto de conversas com os comandantes de alguns navios, se chegou à conclusão da falta de informação sobre o que ali se passa. "Neste momento, estamos a preparar lonas informativas com o desenho da obra que vai nascer ali. Está a ser tratado com uma empresa especialista na matéria, pedimos alguns patrocínios e acreditamos que, dentro de mais um mês, talvez, já estejam ali colocadas", referiu o director dos Portos da Madeira, Bruno Freitas.
Questionado a propósito da certificação dos Portos da Madeira pelo IPTM - os primeiros a nível nacional a obterem a certificação enquanto portos, já que os restantes estão classificados como instalações portuárias – explicou que se trata, apenas, de dar "continuidade às medidas implementadas no âmbito da segurança e que se iniciaram em Novembro, com o encerramento das acessibilidades terrestres e em viatura ao molhe da Pontinha".
No entanto, Bruno Freitas lembra que aquando da conclusão do terminal, as acessibilidades que hoje em dia são controladas à entrada do molhe da Pontinha deixarão de existir, passando a haver um acesso livre às áreas de serviço abertas ao público, que vão surgir no âmbito das obras do novo terminal marítimo. "Porém, o acesso à beira mar e aos navios passa a estar controlado por força daquela barreira física que é o próprio terminal", observou.
"Haverá uma vedação ao longo de todo o porto, entre uma zona interior e a beira cais, numa distância de aproximadamente uns 10 metros. Será uma estrutura agradável, passando a haver uma divisão da Pontinha", disse. O responsável apela à população para que compreenda estas medidas, salientando que sem este esforço "não nos seria possível obter este certificado, pondo em risco a vinda de cruzeiros para Região".
No site da APRAM estão divulgadas as normas internacionais, bem como os dias em que o porto está aberto à população.

Sem comentários