últimas notícias

Pestana considerado empresário do ano no World Travel Market

Tenho pena de não ter recebido mais de sete mil placas correspondentes aos quadros do Grupo Pestana em todo o mundo. As palavras foram ditas segunda-feira ao Jornal da Madeira por Dionísio Pestana, presidente do grupo hoteleiro, poucos minutos depois de receber, ao fim da manhã, um Global Award no World Travel Market, que decorre desde hoje em Londres.
Isto porque, apesar de reconhecer que receber tal galardão é sempre uma honra e um prestígio, já que se trata de algo semelhante a um “óscar do Turismo”, e que, além disso, vem reconhecer todo o trabalho que desenvolveu em prol do sector durante 35 anos, sublinha que é igualmente um prémio para toda a sua equipa espalhada pelo mundo. Sobre esta matéria, Dionísio Pestana fez questão de sublinhar que os quadros do grupo são o mais importante numa indústria como a do turismo.
O empresário madeirense Dionísio Pestana recebeu o Global Award das mãos de Ruben Obadia, director do jornal do sector português Publituris, perante uma assistência constituída por dezenas de goverantes internacionais com a pasta do Turismo assim como políticos de todo o mundo.
Dionísio Pestana segue a distinção semelhante que a TAP recebeu na feira de Londres o ano passado.
A decisão do prémio é da responsabilidade do júri escolhido pelo Publituris, que analisou os vencedores dos Prémios Publituris deste ano e escolheu o que entendeu ser o melhor entre os melhores.
O júri foi presidido por André Jordan e contava com nomes como José Carlos Pinto Coelho, Henrique Veiga, João Passos, Vítor Neto, Andrew Coutts e António Loureiro.
O World Travel Market decorre até ao próximo dia 13.
Numa análise à conjuntura, Dionísio Pestana admitiu que a economia já teve melhores dias. Neste sentido, reconheceu que 2009 será um ano duro, pelo que o seu grupo está a fazer todo o trabalho de casa para tentar antecipar e corrigir problemas.
Recorde-se que o Grupo Pestana prepara a abertura do seu primeiro hotel num país europeu, além de Portugal. Precisamente em Londres, onde abre em Setembro do próximo ano o Pestana Chelsea Bridge, uma unidade de 218 quartos, 66 dos quais são para venda a particulares que podem alugar ao grupo para exploração.

Sem comentários