últimas notícias

Pestana admite mais facilidade para aposta em Madrid

Dionísio Pestana parece estar mais próximo de conseguir ter a bandeira Pestana Hotels & Resorts na capital espanhola, quando em declarações ao PressTUR diz perceber que nesse mercado “há mais oferta, mais abertura”, embora também não deixe de frisar que a maior rede hoteleira portuguesa espera “o momento certo e o produto certo”.

Dionísio Pestana, que ontem esteve em Lisboa para uma apresentação do Pestana Tróia Eco-Resort & Residences, apontou como “alvos” da expansão da rede hoteleira, além de Madrid, também Amesterdão e, “um dia, nunca se sabe”, Paris.
Certo é que o grupo vive uma fase de expansão sobretudo nos mercados internacionais, fiel ao projecto de se implantar nas capitais da América Latina e da Europa.
“Mas mesmo assim, em Portugal estamos neste momento a acabar a Cidadela [de Cascais] e temos uma Pousada para abrir na Praça do Comércio, na Baixa de Lisboa”, que está na fase de licenciamento, além do Pestana Tróia, sublinha Dionísio Pestana.
As Pousadas de Portugal, geridas pelo grupo Pestana através da Pestana Pousadas, foram recentemente alvo de uma fusão com a Pestana Hotels para a gestão operacional no mercado doméstico que visa partilhar todo o conhecimento e experiência dos recursos humanos das marcas Pestana Hotels&Resorts e Pousadas de Portugal.
“Achámos que as duas faziam uma força muito grande através das sinergias, trazendo o bom que cada uma traz para essa fusão”, explica Dionísio Pestana, que acrescenta: “tenho a certeza que vai ser uma mais-valia para o futuro do Pestana em Portugal”.
O grupo Pestana apresentou ontem o seu novo projecto para Tróia, o Pestana Tróia Eco-Resort & Residences cuja primeira fase deverá estar concluída no próximo Verão.
“É uma realidade. Já está no terreno”, afirma Dionísio Pestana, adiantando que “se decorrer tudo bem as primeiras unidades estão prontas no Verão do ano que vem”.
“E é para continuar. É um projecto a dez anos, que é muito grande”, sublinha Dionísio Pestana.

Sem comentários