últimas notícias

Alunos do MBA reforçam madeirenses no Congresso da APAVT


Os agentes de viagens madeirenses continuam a não dar a atenção devida ao congresso magno do seu sector, que, anualmente, reúne profissionais do país inteiro naquele que é considerado o fórum principal do Turismo nacional.

por Paulo Camacho

Numa altura em que assistimos a uma oscilação no mercado financeiro em todo o mundo, que se vem juntar às constantes mudanças no sector do turismo, e no das viagens em particular, a presença no congresso deste ano assume particular importância pelo debate que este proporciona, mostrando caminhos para que os agentes de viagens/consultores de viagens, em particular, mas também para todo o sector do turismo, tal é a abrangência temática a abordar.
Basta olhar par o tema do congresso, escolhido há mais tempo, numa altura em que ainda nem se sonhava com a situação nos mercados: “Turismo: novos mercados, novas oportunidades”.
Para a edição deste ano do Congresso da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo, a realizar em Macau, entre os dias 30 de Novembro e 5 de Dezembro, a juntar aos madeirenses que oportunamente referimos, João Welsh, delegado na Madeira da APAVT, que será moderador num dos painéis, e de Duarte Correia, presidente da TUI Portugal, que será orador igualmente num painel, temos Bernardo Trindade, secretário de Estado do Turismo, e ainda o agende de viagens Gustavo Rodrigues, da Gustavo & Andreia, que tem a marca comercial Intertours.
E, ao contrário da edição do ano ano anterior, que decorreu em Búzios, no estado do Rio de Janeiro, no Brasil, a secretária regional do Turismo e Transportes não vai estar presente no evento do território autónomo chinês.
Juntam-se a este leque dois acompanhantes e 10 estudantes do MBA de Turismo da Delegação na Madeira da Ordem dos Economistas, que decorre na região auónoma em parceria com o Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo, liedrado pelo prof. Jorge Costa.
Os painéis
Recorde-se os painéis do congresso de Macau: “Turismo: novos mercados, novas oportunidades”, “Portugal, a costa oeste da Europa”, “Transporte aéreo: realidades e desafios” e “Distribuição: dinâmica de mudança, novas competências”.
Na tarde do primeiro dia de trabalhos está prevista a apresentação de Portugal e de Macau enquanto destinos turísticos e ainda um workshop “Macau/China/Portugal hosted buyers and suppliers”, que irá reunir “buyers” da China com a oferta turística portuguesa e, por outro lado, os “buyers” portugueses com a oferta turística de Macau e da China.

Sem comentários