728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Madeira atinge em julho recorde superior a 1 milhão de dormidas


O secretário Regional de Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, realça que o recorde de mais de um milhão de dormidas registadas em julho na Madeira constitui um momento de grande satisfação.

“É a primeira vez que se atinge mais de um milhão de dormidas em relação a qualquer mês da nossa história do turismo. É dado o exemplo que no mês de julho (de 2022) tivemos mais dormidas do que ano inteiro de 1972”, realça o governante, em relação à estimativa rápida da Direção Regional de Estatística da Madeira, que hoje revelou que este julho foi o melhor mês de sempre da história do turismo regional.

Mais referiu que as 1.045.800 dormidas de julho “representam mais de 26% do que registámos em 2019 e mais de 68% do que o desempenho de 2021”.

Eduardo Jesus refere que “há uma afirmação crescente a dois dígitos do turismo na Região, e sempre acima dos 20% relativamente a 2019, o que é muito importante para o setor, para toda a atividade turística e para toda a economia regional que depende em mais de 26% deste setor”.

Por outro lado, o Secretário Regional realça, também, que em julho houve o maior número de hóspedes de sempre, com mais de 39% face a julho de 2019, e correspondendo a 186,9 mil hóspedes.

As principais proveniências foram do mercado nacional (240 mil dormidas), Reino Unido (192 mil) Alemanha (172 mil) e França (71 mil), o que reflete uma “recuperação muito grande dos grandes mercados que nos alimentam”, sublinha Eduardo Jesus. Com efeito, considerando o ano 2019, só o mercado nacional duplicou em julho (+102%).

O governante considera que os números de julho traduzem “a confirmação da tendência que vínhamos a verificar. É também, de uma forma consistente, uma mensagem que nos coloca como um destino que está a saber aproveitar bem este período pós-pandémico e que está a saber tirar proveito de todo esse trabalho que fez nessa fase mais difícil que o setor atravessou”.

Eduardo Jesus disse ainda que o objetivo do Governo passa por “manter os níveis de atividade do setor turístico bem lá em cima, deixando dessa forma o maior contributo possível ao bem-estar de toda a população da Madeira”.

 Números de julho

O destino Madeira registou, pela primeira vez, em julho último, mais de um milhão de dormidas.

Os números acabados de divulgar pela Direção Regional de Estatística da Madeira, numa estimativa rápida referente a julho, mostram que houve 1.045,8 mil de dormidas no alojamento turístico da Região Autónoma da Madeira, traduzindo + 26,1% do que julho de 2019 e +68,2% do que no ano passado.

Esta é uma tendência de crescimento que vem acontecendo na Madeira, durante o corrente ano, evidenciando a grande recuperação do destino. 

O número de hóspedes foi igualmente um recorde na Madeira no mês de julho, ao registar 186,9 mil hóspedes, com + 38,6% do que em período homólogo de 2019 e +53,2% do que julho de 2021.

O mercado nacional liderou o número de dormidas com 239 mil, a traduzir um crescimento de +101,9% em relação a julho de 2019 e +28,0% relativamente ao mês homólogo de 2021.

A nível dos mercados estrangeiros, o Reino Unido teve 191,8 milhares de dormidas (+41% do que em julho de 2021), a Alemanha atingiu 172,1 milhares de dormidas (+608,2%) e a França chegou a 71,7 mil dormidas (+47,2% do que em julho de 2021).

Sem comentários