728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Eduardo Jesus diz que o setor está a falar a uma só voz

“Estamos todos unidos, focados e centrados na questão do relançamento”. Quem o diz é Eduardo Jesus, presidente da Associação de Promoção da Madeira, que reuniu ontem o seu conselho consultivo, com o propósito de dar parecer sobre as contas do ano 2019, as quais foram aprovadas por unanimidade.

por: Pedro Lima

Eduardo Jesus sublinhou que a reunião decorreu muito bem e acentuou que serviu igualmente para que as conselheiras e os conselheiros, que ali representavam o setor, “tivessem conhecimento de todo o trabalho que a Associação de Promoção está a fazer no decorrer deste ano de 2020. E, em particular, depois de toda esta circunstância provocada pela pandemia da Covid-19”.

O presidente da AP sublinhou que foi uma reunião muito produtiva “onde houve uma explicação detalhada de todas ações que estão a ser realizadas, onde se deu a conhecer os planos imediatos, e de médio prazo da Associação de Promoção, relativamente ao destino da Madeira”. Referiu ainda que constituiu uma oportunidade “para recebermos opiniões, sugestões das senhores e senhores conselheiros presentes”.

Como saldo da reunião, Eduardo disse que “o setor está a falar a uma única só voz, consciente desta realidade, e reconhecimento pelas decisões que têm sido tomadas publicamente, identificando-se claramente com as opções políticas que foram assumidas, nomeadamente no que diz respeito às acessibilidades à Madeira, onde se viu uma unanimidade, por exemplo, na questão dos testes, como condição para entrar na Região”.

O secretário regional de Turismo e Cultura evidenciou que foi uma reunião muito participada “onde há uma sintonia muito grande do setor privado relativamente às opções públicas que têm vindo a ser tomadas”. Realidade que sublinha não ser por acaso, porque essas mesmas opções e as decisões que têm sido concretizadas ao longo de todo este tempo, no que diz respeito ao Turismo, “são precedidas sempre de conversações permanentes que se têm mantido com os agentes do setor. Isto traz, naturalmente, uma robustez maior a essas mesmas decisões, e, simultaneamente, coloca-nos como destino unido, concentrado e focado no relançamento”.

Sem comentários