728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Assembleia Geral da AP Madeira aprova Contas e Exercício de 2019 por unanimidade

O Presidente da Associação de Promoção da Madeira diz que a Assembleia Geral da instituição, que se realizou ontem, “decorreu muito bem, com uma grande participação, provavelmente das assembleias gerais da Associação de Promoção com mais associados presentes (cerca de 60)”.

por: Pedro Lima

Eduardo Jesus sublinha que os associados votaram por unanimidade as Contas e o Exercício de 2019 da AP Madeira e que, por outro lado, “participaram ativamente na discussão do trabalho que está a ser posto em prática, relacionado com o Plano de Atividades para 2020, com as devidas adaptações, em resultado da situação pandémica que vivemos”.

Referiu a existência de uma “sintonia muito grande, por parte dos presentes, com as medidas que estão ser levadas a cabo, não só a nível da reorganização interna da Associação de Promoção, onde já se verificou e constatou a contratação de profissionais que estavam em falta naquela estrutura, como também com as decisões que têm sido tomadas, relacionadas, nomeadamente, com a comunicação, apreciando não só as campanhas que já foram lançadas, as que estão em curso, assim como todo o plano de comunicação que está traçado para o futuro”.

Além disso, o secretário regional de Turismo e Cultura e presidente da AP referiu que foi apreciada uma “nova vaga de comunicação para conquistar o interesse de Portugal Continental pela Região Autónoma da Madeira”.

Outro ponto presente na Assembleia Geral foi o aprofundamento da Região como destino seguro para viagem, “que está diretamente relacionado com o Manual de Boas Práticas que foi desenvolvido, e também com a Certificação que está curso, das unidades hoteleiras e de todo o setor, que, depois, vai permitir que, no seu todo, a Região se apresente uniforme a esse nível”.

Eduardo Jesus revelou igualmente que também foi objeto de uma “interessante fase de esclarecimento”, relativamente aos presentes, naquilo que diz respeito “às regras que foram definidas para a Madeira, em relação ao acesso via transporte aéreo. Foi um momento ideal para dissipar essas dúvidas, para esclarecer as pessoas e para sentir também que, da parte delas, estas medidas estão a ser bem acolhidas e que colocam o conforto no setor, que é necessário, atendendo não só a aqueles que nos visitam, aos que vivem na Madeira, mas, também, aos que trabalham neste setor. Isto é extremamente importante. As medidas que estão a ser tomadas pelo Governo Regional têm este triplo alcance. E temos de olhar, forçosamente, é isso que estamos a fazer, para os milhares de profissionais deste setor, que lidam diariamente com aqueles que nos visitam, que têm as suas casas, as suas famílias, e que também querem preservar de qualquer ameaça que possa decorrer deste momento de abertura”.

A concluir, o presidente da AP Madeira diz que é “neste conjunto de equilíbrios que encontramos, da parte do setor privado, uma aceitação e um comungar deste posicionamento, reconhecendo a oportunidade a aquilo que o Governo Regional tem vindo a fazer”.

Sem comentários