728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Webinar da APM com mais de 1.000 visualizações

Nuno Vale (à esquerda) e Eduardo Jesus
📷  SRTC  📷

A Assoc​iação de Promoção da Madeira realizou hoje o Webinar - Certificação Internacional de boas práticas na gestão de riscos biológicos na R.A.M, que alcançou cerca de 600 visualizações no Facebook e cerca de 400 na plataforma Zoom. A sessão de esclarecimento teve como oradores o diretor executivo da APM, Nuno Vale, e o diretor da SGS (a empresa certificadora), Rui Cordeiro, e foi direcionada a todo o universo de empresas turísticas da região.

por: Pedro Lima
 
O objetivo principal da comunicação na internet foi o de ampliar o conhecimento do projeto, a forma de participação, falar do processo, da calendarização, bem como dos benefícios associados ao processo de certificação.
Neste momento, já existem muitos interessados na certificação, que, surge da necessidade de criar uma solução que consolidasse a construção de uma imagem de segurança sanitária da região, robusta e inquestionável, independente, com projeção internacional e abrangente, que abarcasse a Covid-19, mas também outros riscos biológicos.
Esta certificação está aberta a todas as empresas turísticas da Região, concretamente empreendimentos turísticos (hotéis, turismo rural e alojamento local), restaurantes, agências de viagens, animação turística, transporte de pessoas, rent-a-car, estabelecimentos oficiais de Turismo e escritórios (com e sem atendimento ao público).
Nuno Vale explicou que as vantagens da certificação passam por “implementar um sistema de certificação de boas práticas na gestão de riscos biológicos, desenvolvido por empresa independente e internacionalmente reconhecida na área da certificação, consubstanciado num sistema de auditoria e laboratorial robusto, que posicione a Madeira na vanguarda em termos de imagem de destino seguro”.
Um novo passo foi dado igualmente hoje, com a abertura de candidaturas às empresas não associadas que podem candidatar-se e beneficiar de isenção de quotas durante 2020 com a sua adesão ao processo de certificação. Cumulativamente poderão beneficiar das mesmas condições especiais de acesso a instrumento de financiamento para o apoio aos esforços de PROJEÇÃO INTERNACIONAL DE IMAGEM DE DESTINO SEGURO. O apoio em causa corresponde a uma comparticipação de 50%, concretamente sobre os montantes referentes às auditorias durante dois anos e à sinalética.
A intenção, conforme refere o presidente da AP Madeira, Eduardo Jesus, é que, a partir de um de julho, se inicie o processo de auditorias por parte da empresa internacional SGS. “Esperamos que haja uma capacidade para certificar cerca de 150 empresas por mês”, disse, complementando que se pretende que a certificação “constitua uma vantagem competitiva para as empresas aderentes, bem como passar a imagem de um destino seguro, numa altura em que a segurança sanitária apresenta uma importância vital para o relançamento dos destinos turísticos”.

Sem comentários