728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

MSC Cruzeiros cresce 21% em Portugal


O MSC Poesia no porto do Funchal, de onde vai ter embarques/desembarques durante dois meses
📷  Paulo Camacho  📷
A MSC Cruzeiros terminou o ano de 2019 com um total de 35.901 passageiros em Portugal. Corresponde a um aumento de 20,7% face a 2018, quando registou 29.748 passageiros.

Por: Pedro Lima

Por outro lado, segundo o MSC Market Intelligence Cruise Monitor, a quota de mercado da companhia em Portugal teve um aumento de 5%, atingindo 46,2% no mercado português.
Quanto a itinerários, os mais procurados pelos portugueses continuam a ser os do Mediterrâneo e do norte da Europa. Os cruzeiros com saídas e chegadas a Barcelona, Veneza, Kiel ou Copenhaga são os mais vendidos.
Destinos como as Caraíbas, ou os itinerários pelos Emirados Árabes Unidos, têm vindo a ter cada vez mais peso nos últimos anos e são cada vez mais procurados pelo seu clima e exotismo, potenciando um crescimento da MSC Cruzeiros, que se verifica cada vez maior também no inverno.

Portos nacionais

Além disso, as saídas e chegadas aos portos portugueses (cerca de 12% do total dos passageiros) continuam a ser uma grande aposta da companhia, que apresentou, novamente em 2019, uma operação com saída e chegada a Lisboa, entre setembro e novembro, a bordo do ‘MSC Preziosa’, um navio com capacidade para cerca de 4.000 passageiros.
“Este ano, prevemos continuar a crescer a todos os níveis, especialmente na Europa, onde predomina o nosso core business e onde somos a companhia número um, mas também cada vez mais com itinerários diversificados que caraterizam esta empresa global”, sublinhou Eduardo Cabrita, diretor Geral da MSC Cruzeiros em Portugal.
Com 17 navios atualmente na frota, 12 a navegar no Mediterrâneo durante o verão (mais 3 do que na temporada anterior) e com a inauguração do ‘MSC Virtuosa’ no final de outubro, a MSC Cruzeiros terá um total de 18 navios a navegar por todo o mundo em 2020.

Saídas da Madeira entre outubro e novembro

Eduardo Cabrita revela que em Portugal, este ano, a MSC Cruzeiros continuará com a aposta nos cruzeiros portugueses, com partidas e chegadas a Lisboa a bordo do ‘MSC Splendida’, entre setembro e novembro, e ainda com a operação de cruzeiros com embarque/desembarque no poro do Funchal, a bordo do ‘MSC Poesia’, entre outubro e novembro.
Para além dos embarques em portos nacionais, a MSC Cruzeiros disponibiliza uma oferta cada vez maior e mais complementada com os pacotes especiais de Cruzeiro, Voo e transfers incluídos, com uma grande variedade de voos para dez cidades em todo o mundo, tais como Veneza, Copenhaga, Dubai, Miami, Barcelona e Hamburgo, entre outras, garantindo flexibilidade e tranquilidade na marcação do pacote de férias completo. “A nossa tentativa é chegar cada vez mais perto dos agentes de viagens e fazer com que os nossos parceiros confiem plenamente em nós, tendo todas as ferramentas e possibilidade de partir imediatamente para a próxima venda”, concluiu Eduardo Cabrita.

Satisfação com os resultados

Em relação aos resultados alcançados, Eduardo Cabrita, começa por lembrar que, como parte do grupo internacional MSC, a MSC Cruzeiros em Portugal é anualmente auditada por uma das principais ‘big4’, a KPMG.
Diz ser com grande satisfação que nos últimos anos têm alcançado “o maior número de portugueses que alguma vez já viajaram com uma companhia de cruzeiros e que em 2019 registámos um dos maiores crescimentos até hoje em Portugal”. Eduardo Cabrita acentua que atingiram todos os objetivos previstos para 2019 e que são líderes de mercado pelo sétimo ano consecutivo em Portugal e que, além disso, “continuamos a inovar seja em novos destinos, portos e rotas, como a abertura da Ocean Cay ou o lançamento da nossa quarta volta ao mundo em 2022, permitindo aos portugueses que já fizeram cruzeiros optarem cada vez mais por novos itinerários”. 
Refere ainda que considera também importante destacar que “a nossa posição, bem como estes resultados, que irão continuar a crescer sustentadamente, não seriam possíveis sem o magnífico empenho e dedicação da equipa da MSC Cruzeiros Portugal, que trabalha diariamente para um objetivo comum”.

39 navios em 2030

O MSC Grandiosa é um dos mais recentes paquetes da companhia, e entrou ao serviço em novembro último
📷  MSC Cruzeiros  📷
“O aumento da nossa capacidade com o lançamento de novos navios, assim como a presença da companhia com escritório próprio em mais de 80 países”, continuou Eduardo Cabrita, “tem sido bastante importante para o crescimento da MSC Cruzeiros em todos os países onde opera, possibilitando-nos disponibilizar mais e novos itinerários, o que nos tem permitido diversificar a oferta, fidelizar e atrair cada vez mais viajantes. Neste sentido, 2019 foi, uma vez mais, um ano extremamente positivo, de orgulho e crescimento para nós. Com os recentes anúncios feitos no início deste ano para a encomenda de dois novos protótipos, a companhia verá um aceleramento ainda maior ao nível da capacidade e aumentará a sua frota para um total de 39 navios, até 2030”, concluiu.

Sem comentários