728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Movimento portuário — 2.ª feira, 10 de fevereiro

Belo e imponente, o AIDAnova domina hoje o cais sul da Pontinha.
(Foto: Bruno Camacho)
O porto do Funchal conta nesta 2.ª feira, 10 de fevereiro, com três navios de cruzeiro, dois deles habituais visitantes semanais de inverno que irão decorar o cais sul da Pontinha e um outro em escala pré-inaugural que amarrará ao cais norte. São eles: o AIDAnova, o Marella Explorer e o Seven Seas Splendor.

Por: Paulo Gilberto Camacho

O AIDAnova vem de Las Palmas de Gran Canaria e, pelas 04h30, amarra ao cais sul, numa escala até às 23h00. Agenciado pela Blatas, Lda. tem como destino seguinte o porto de Santa Cruz de Tenerife (Canárias).
Construído nos estaleiros Meyer Werft - Papenburg, Alemanha, entrou ao serviço no final de 2018. Com capacidade para 6.600 passageiros, desloca 183.200t de peso bruto, mede 337m de comprimento por 42m de boca (largura), num total de 54m. O seu calado situa-se nos 8,5m. É o primeiro navio da classe Aida Helios, sendo também o primeiro navio de cruzeiro em todo o mundo que pode ser operado com gás natural liquefeito de baixa emissão (GNL) tanto no porto quanto no mar. Navega com bandeira italiana e opera para a Aida Cruises.
Em viagem pré-inaugural, o Seven Seas Splendor chega hoje aio Funchal, antes de rumar a San Juan.
(Foto: Revue Regent Seven Seas)
Com chegada agendada para as 06h30, o Seven Seas Splendor aparece no Funchal, proveniente de Cadiz, para atracar ao cais norte. Segundo informação do amigo Mário Camacho, «o navio vem em viagem pré-inaugural praticamente desde o estaleiro, com destino à América, onde será batizado. Esta viagem transatlântica vai levar o mais recente navio de altíssimo luxo a passar pelo Funchal, numa escala originalmente não prevista (devia estrear-se apenas em abril, mas tem já 3 escalas agendadas para este ano) (…)» Largará rumo a San Juan de Puerto Rico (Caraíbas), pelas 17h00.

O Seven Seas Splendor construído nos estaleiros italianos Fincantieri, foi dado apto para a navegação no final de 2019. Desloca 54.000t de peso bruto, mede 224,02m de comprimento por 36 de boca (largura) e 7,2m de calado. Navega com bandeira das Ilhas Marshall e tem como operadora a Regent Seven Seas Cruises, com sede em Miami, Florida (EUA). Tem como irmão-gémeo o Seven Seas Explorer.
O Marella Explorer também decora o cais sul da Pontinha nesta 2.ª feira de fevereiro.
(Foto: Mafalda Camacho)
Pelas 08h00, o Marella Explorer, que está agenciado pela Ferraz, faz a sua amarração ao cais sul da Pontinha, procedente de San Sebastian de La Gomera (Canárias). Soltará amarras às 20h00 para depois rumar a Arrecife de Lanzarote (Canárias).

Propriedade da TUI-UK (antiga Thomson), opera para a Marella Cruises-UK. Construído nos estaleiros alemães Meyer Werft, foi lançado à água em 1996 e remodelado em 2009/2018 nos estaleiros Lloyd Werft Bremerhaven (Alemanha). Desloca 76.998t de peso bruto, mede 263,90m de comprimento por 32,13m de boca (largura) e 8,5m de calado. Navegando com bandeira de Malta, já usou os nomes de Galaxy Celebrity (1996-2008), Mein Schiff 1 (2009-2018) e Marella Explorer (2018 até à presente data).
O porta-contentores Pengalia substitui hoje no Caniçal o Funchalense 5 para depois rumar a Porto Santo.
(Foto: MarineTraffic)

Porém, no porto comercial do Caniçal, temos a apontar a chegada do porta-contentores cipriota Pengalia, em vez do Funchalense 5, que se encontra fundeado na barra de Leixões. Para fazer face a este problema, e para evitar mais atrasos, o Grupo Sousa fretou este navio para a viagem desta semana. Chega pelas 07:00 e rumará a Porto Santo, pelas 23h59 de terça-feira, para depois seguir viagem com destino a Lisboa.
O Pengalia é um porta-contentores que navega com bandeira de Chipre, estando registado no porto de Limassol. Construído em 2008 pelos estaleiros Sainty Yangzhou Shipbuilding (China) tem como proprietária e operadora a Marlow Navigation Limassol. Desloca 7.545t de peso bruto, mede 129m de comprimento por 20m de boca (largura) e o seu rascunho (calado) actual situa-se nos 7,6m.

Sem comentários