728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Movimento portuário — 2.ª feira, 23 de dezembro

O imponente e belo AIDAnova faz hoje escala no Funchal se a habitual pernoita.
(Foto: João Firmino Sousa)
O porto do Funchal nesta 2.ª feira, 23 de dezembro, recebe o AIDAnova tendo por companheiro até às 16h00, no cais sul da Pontinha, o Marella Explorer que chegou ontem ao Funchal onde pernoitou.

Por: Paulo Gilberto Camacho

O AIDAnova vem de Las Palmas de Gran Canaria pelas 06h00 da manhã, amarrando de seguida ao cais sul, numa escala até às 23h00. Agenciado pela Blatas, Lda. tem como destino seguinte o porto de Santa Cruz de Tenerife (Canárias).
Construído nos estaleiros Meyer Werft - Papenburg, Alemanha, entrou ao serviço no final de 2018. Com capacidade para 6.600 passageiros, desloca 183.200t de peso bruto, mede 337m de comprimento por 42m de boca (largura), num total de 54m. O seu calado situa-se nos 8,5m. É o primeiro navio da classe Aida Helios, sendo também o primeiro navio de cruzeiro em todo o mundo que pode ser operado com gás natural liquefeito de baixa emissão (GNL) tanto no porto quanto no mar. Navega com bandeira italiana e opera para a Aida Cruises.
O Marella Explorer, após pernoita no Funchal, largará pelas 16h00 rumo a Lanzarote.
(Foto: Ruben Câmara)
Pelas 16h00, o Marella Explorer, que está agenciado pela Ferraz, soltará amarras para rumar a Lanzarote (Canárias).

Ontem descrevemos os pormenores do seu perfil.
O Funchalense 5 chega pela manhã de hoje ao Caniçal com carga de Lisboa.
(Foto: Mário Camacho)
No porto comercial do Caniçal, por sua vez, o Funchalense 5 deverá amarrar ao cais norte, pelas 07h15, com carga de Lisboa. O navio que é agenciado pela PMAR-Navegação, Lda., rumará a Leixões após a conclusão da sua operação de carga/descarga, o que deverá acontecer cerca das 17h00 de hoje.

O Funchalense 5, pertencente à Empresa de Navegação Madeirense, é um navio de carga geral construído em 2009/2010 que navega com bandeira portuguesa. Desloca 7.532t de peso bruto, 8.279t de peso morto e mede 126,78m de comprimento por 20,49m de boca (largura) e o seu rascunho actual é de 7,4m.
O Solando depois de abastecer o terminal da CLCM no Caniçal, rumará a Porto Santo.
(Foto: MarineTraffic)
Ao terminal de combustíveis da CLCM, igualmente no Caniçal, deverá chegar, pelas 15h00, o navio-tanque de produtos químicos Solando, proveniente de Antuérpia (Bélgica). Agenciado por Blatas, Lda., manter-se-á amarrado às bóias de segurança, procedendo à tarefa de descarga, até às 15h00 do dia seguinte, rumando depois a Porto Santo para idêntica operação.

O Solando é um navio-tanque de produtos químicos construído em 2009 nos estaleiros turcos Soli Shipyard - Istanbul e que navega com bandeira sueca. Desloca 12.881t de peso bruto, mede 150m de comprimento por 24m de boca (largura) e o seu calado actual está nos 9,2m. Tem como proprietário e operador a Donsotank Rederi - Donso (Suécia).
O Max Stability volta hoje ao Caniçal com carga de Leixões.
(Foto: Mário Camacho)

Já bem ao final do dia, pelas 23h30, o porta-contentores Max Stability chega com carga de Leixões, amarrando ao cais norte do Caniçal. Agenciado pela Transinsular-Madeira, Lda., a sua operação de carga/descarga prolonga-se até às 18h00 desta 3.ª feira. Rumará depois a Lisboa.
O Max Stability entrou ao serviço em 2006, desloca 7.532t de peso bruto, 3.553t de peso líquido e 8.723t de peso morto. Mede 127m de comprimento por 20m de boca (largura) e o seu rascunho actual (calado) é de 5,6m. Navega com bandeira de Malta.

Sem comentários