728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Navio "madeirense" faz a primeira escala no Funchal

O 'MSC Poesia', à esquerda, e o 'Wold Explorer'
📷  Paulo Camacho  📷
O Porto do Funchal contou hoje com uma estreia do ‘World Explorer’. Uma estreia que acaba por traduzir um valor adicional pelo facto de ser um navio de cruzeiros feito em Portugal e ainda por ter na popa a bandeira nacional com o nome Madeira em grande destaque abaixo de ‘World Explorer’. Uma realidade que acontece pelo facto do navio da Mystic Cruises, vocacionado para cruzeiros polares, estar no Registo Internacional de Navios da Madeira.

por: Pedro Lima
A fotografia, depois da troca de crestas a bordo do 'World Explorer'
📷  Portos da Madeira  📷

Nesta viagem, o pequeno navio leva a bordo 168 passageiros e 103 tripulantes. Veio de Lisboa e ruma já em direção a Tenerife, nas ilhas Canárias.
Durante a sua passagem pela Madeira, houve a tradicional troca de crestas a bordo do navio, que atracou no Cais Norte, onde o anfitrião, o Comandante Amadeu Albuquerque, recebeu a presidente do Conselho de Administração da APRAM, Lígia Correia, e o agente de navegação, Blatas.
O ‘World Explorer’ foi construído para o armador português Mystic Cruises nos estaleiros WestSEA Shipyard, em Viana do Castelo, e custou cerca de 70 milhões de euros. Foi lançado ao mar este ano. Tem 126 metros de comprimento, 25 metros de boca (largura), e um calado de 4,8 metros.
O nome da Madeira está bem evidente na popa do navio
📷  Paulo Camacho  📷

MSC Poesia’ e ‘Celebrity Silhouette’

Além deste navio, estiveram outros de maior envergadura, concretamente o ‘MSC Poesia’ e o ‘Celebrity Silhouette’, que atracaram no cais sul.
O ‘MSC Poesia’ veio de Santa Cruz de Tenerife e ruma a Málaga, na Espanha continental. Viajam no navio 2.690 passageiros e 945 tripulantes. O navio foi lançado ao mar em 2008.

Por seu turno, o ‘Celebrity Silhouette’ veio de Southampton, no sul de Inglaterra, e ruma a Santa Cruz de Tenerife. Viajam a bordo 2.865 passageiros e 1.235 tripulantes. O navio foi lançado à água em 2011.
Feitas as contas, o Porto do Funchal registou hoje a passagem de 5.723 passageiros e 2.283 tripulantes. Isto quer dizer que estes passageiros deixaram na economia na Madeira cerca de 400 mil euros só de gastos dos viajantes, sem contar com os pagamentos que os armadores pagam pelas escalas no porto.

Sem comentários