728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

"O nosso destino tem resistido a todas estas contrariedades"

Paula Cabaço: "Temos uma estratégia clara e fundamentada para o setor"

A Secretária Regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço, assumiu, como grande desafio futuro do Turismo na Madeira, o de dar continuidade ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido. No Dia Mundial do Turismo que ontem se comemorou na Região e em todo o mundo, a governante disse que o terá de ser feito “melhorando, adequando, ajustando e, sempre que possível, antecipando as situações que, embora nem sempre dependendo de nós, exigem que estejamos preparados”.

por: Pedro Lima

Além disso, Paula Cabaço disse que existe outro desafio que passa, também, por investir na formação e maior qualificação dos recursos, cativando novos profissionais e abrindo espaço para que os mais jovens encontrem, no turismo, o seu futuro profissional.
Recordou que em dois anos, o destino assistiu à falência de 7 companhias aéreas, está a lidar com o Brexit e a consequente instabilidade do mercado inglês, assim como com os “valores impraticáveis da TAP” e, mesmo assim, “o nosso destino tem resistido a todas estas contrariedades, graças à capacidade de antecipação, à qualidade dos serviços, ao profissionalismo de todos os que trabalham no setor e à atratividade da nossa oferta”.
Por isso mesmo, não tem dúvidas que a Madeira continua a ser um destino, reconhecido, fortemente galardoado e procurado e que sabe corresponder às opções e preferências dos turistas.
A terminar uma legislatura, Paula Cabaço fez questão de reconhecer e agradecer a todos os que, direta e indiretamente, trabalham e contribuem para este setor, na Região.
Sublinhou que, no nosso destino, o Turismo é uma atividade que se desenvolve com o envolvimento e a participação ativa de toda a população.

Saber responder

Neste domínio, referiu que o setor soube, ao longo do tempo, ajustar-se e reinventar-se para “continuar a corresponder às necessidades e expetativas dos turistas, hoje cada vez mais exigentes, mais informados, mais adeptos das tecnologias e redes sociais, mais ativos, mais vocacionados para as experiências, mais interventivos, sensíveis e despertos para o usufruto daquilo que, aqui temos para oferecer e que não é possível de replicar noutra parte qualquer do mundo”.
A Secretária Regional do Turismo e Cultura referiu que temos hoje eventos renovados, prolongados e descentralizados a toda a Região, uma oferta de alojamento “claramente requalificada, uma maior capacidade de análise graças à reativação do Observatório, uma maior interligação entre o turismo e a cultura e, bem assim, entre estas duas áreas e as experiências únicas que também se oferecem no destino”.

Estratégia

Paula Cabaço acentuou que “temos uma estratégia que é clara e fundamentada tanto no Plano Estratégico para o setor e no POT quanto no Plano de Requalificação para o turismo” e igualmente uma promoção “mais eficaz, articulada e concertada, mais intensa nos mercados estratégicos, mais focada no consumidor final, mais atenta à sazonalidade do Porto Santo, mais dinâmica, com diversas campanhas a decorrer e em preparação e mais atrativa aos olhos das Companhias e Tour Operadores, com os quais também aprofundamos o nosso relacionamento institucional”.
Em suma, frisou, que todos os intervenientes, no sector do turismo souberam acreditar no produto que somos, acrescentando-lhe valor, afirmando-o e mantendo a confiança no mercado.

Sem comentários