últimas notícias

Vendas de vinho Madeira dão um tombo

Nos primeiros 3 meses de 2019, a comercialização de vinho “Madeira” foi perto de os 660 milhares de litros, segundo dados do Instituto do Vinho do Bordado e do Artesanato da Madeira. Traduz em receitas de primeira venda 3,4 milhões de euros. 
Comparativamente ao período homólogo registaram-se decréscimos de 21,8% na quantidade e de 25,9% no valor.

Os dados mostram uma quebra em todos os agrupamentos de mercados. Com efeito, as exportações quer para os países terceiros (-26,3% em volume e -30,3% em valor) quer para os países da União Europeia (-20,4% em quantidade e -22,8% em receitas de primeira venda) diminuíram em termos homólogos, sendo que, contudo, nestes últimos, é de realçar o crescimento nas vendas para os mercados alemão (+217,6% nas quantidades e +194,6% em valor) e britânico (+174,5% nas quantidades e +54,3% em valor).

Nos dois mercados externos que geraram maior retorno financeiro nas vendas de Vinho Madeira – França e EUA – as variações foram de -45,4% e de -28,7%, respetivamente. 
Os montantes transacionados de vinho “Madeira” nestes mercados foram de 588,6 milhares de euros no primeiro caso e os 407,2 milhares de euros no segundo. As vendas no mercado regional também caíram (-22,2% em volume e -20,0% em valor).

Nota positiba em 2018


A comercialização de bebidas espirituosas produzidas na RAM totalizou em 2018 os 883,4 milhares de litros, observando-se um aumento de 1,8% face ao ano precedente, impulsionado pela evolução registada no Rum e no Gin. 

O valor correspondente àquela quantidade comercializada cifrou-se em 4,4 milhões de euros, -0,4% que em 2017.

Vinho de mesa

Relativamente à comercialização de vinho com Denominação de Origem (DO) «Madeirense» atingiu em 2018, uma quantidade de 100,1 milhares de litros, significando uma receita de  934,5 mil euros. Face a 2017, observou-se um aumento de 16,6% nas quantidades e uma subida no valor de vendas de 29,5%. 

Por sua vez, no vinho com Indicação Geográfica (IG) «Terras Madeirenses» registou-se também um aumento na quantidade comercializada (+107,4%)  e no valor gerado (+114,9%), sendo que a comercialização deste tipo de vinho atingiu em 2018 os 30,0 milhares de litros, do qual resultaram 191,2 mil euros.

Sem comentários