728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Movimento portuário — domingo, 7 de abril

Registo fotográfico da última escala do Midnatsol no Porto Santo.
(Foto: Arquivo APRAM)
O movimento nos portos da nossa Região Autónoma durante este domingo, 7 de abril, cinge-se à chegada ao Porto Santo do Midnatsol e do AIDAnova à baía do Funchal.

Por: Paulo Gilberto Camacho

O Midnatsol amarra ao molhe principal do Porto Santo pelas 13h30, proveniente de Praia da Vitória (ilha Terceira, Açores) e terá agenciamento por parte da Blatas, Lda. Pelas 22h00 soltará amarras para rumar ao Funchal.
Construído em 2003 nos estaleiros Fosen Mek.Verksted na Noruega e remodelado em 2016, desloca 16.151t, medindo 135,70m de comprimento por 21,50m de boca (largura) e 5,1m de calado. Navega com bandeira norueguesa e opera para a Hurtigruten.
O AIDAnova chega hoje ao Funchal, pelas 17h00, onde se manterá em fundeadouro.
(Foto: CruiseMapper)

Cerca das 17h00 o AIDAnova chegará à baía do Funchal onde, curiosamente, permanecerá em fundeadouro para mais tarde, em hora ainda a definir, fazer a acostagem ao cais sul da Pontinha. Vem de Las Palmas de Gran Canaria e, após pernoita, estenderá a sua estadia até às 23h00 de 2.ª feira para depois rumar a Santa Cruz de Tenerife (Canárias). Está igualmente agenciado pela Blatas, Lda.
O AIDAnova foi construído nos estaleiros Meyer Werft - Papenburg, Alemanha e entrou ao serviço no final de 2018. Com capacidade para 6.600 passageiros, desloca 183.200t de peso bruto, mede 337m de comprimento por 42m de boca (largura), num total de 54m. O seu calado situa-se nos 8,5m. É o primeiro navio da classe Aida Helios, sendo também o primeiro navio de cruzeiro em todo o mundo que pode ser operado com gás natural liquefeito de baixa emissão (GNL) tanto no porto quanto no mar. Navega com bandeira italiana e opera para a Aida Cruises.

Sem comentários