728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Cortejo Alegórico da Flor brilhou mesmo sem sol

O Cortejo Alegórico da Flor proporcionou muitos quadros ao longo do desfile
📷  Paulo Camacho  📷
O dia cinzento, com algumas pingas aqui e ali, não foi suficiente para demover os madeirenses, outros residentes na ilha e muitos estrangeiros, de preencherem todos os espaços desde o Almirante Reis até a Rotundo Harvey Foster para verem na tarde de ontem o Cortejo Alegórico da Flor, o ponto alto da Festa da Flor 2018. Até porque o evento se assume já para muitos como o melhor cartaz turística do destino Madeira.

por Paulo Camacho

Estamos em crer que o Cortejo de ontem terá sido dos eventos mais fotografados tal era a quantidade de pessoas que empunhavam máquinas fotográficas. Mas a maioria talvez a fazer dominar a utilização dos práticos smartphones, cada vez mais ricos tecnicamente e a permitirem uma partilha quase imediata. Isto para não referir os diretos que já possibilitam com a maior das facilidades.
O Cortejo contou com 11 grupos e cerca de 1.500 figurantes
📷  Paulo Camacho  📷

Ao todo, foram 11 grupos que desfilaram com cerca de 1.500 figurantes. Um recorde.
Com o tema foi “Madeira – 600 Anos em Flor”, passaram pelas avenidas marginais da cidade do Funchal os seguintes grupos: “Seiscentas Primaveras”, de João Egídio Rodrigues, “30 anos em harmonia com as flores”, da Turma do Funil, “Flores com História”, da Associação de Animação Geringonça, “Madeira o despertar da Natureza”, da Associação Fura Samba, “Um Oceano de Flores”, da Associação Cultural Império da Ilha, “Richelieu” da Sorrisos de Fantasia, “Clássica”, da Associação ANIMAD, “Floresta Encantada”, da Escola de Samba Caneca Furada, “Pelos olhos de Zarco”, da Associação Tramas e Enredos, “600 anos em Flor e as suas Princesas”, da Dance Flavourz, by Francis Cardoso, e “Love Me Do”, de Isabel Borges.
A Festa da Flor, que nos moldes atuais vai na 29.ª edição, contou com um investimento do Governo Regional na ordem dos 500 mil euros.
Nas quatro semanas do evento, de 19 de abril a 13 de maio, estão envolvidas 4.075 pessoas.

Muro da Solidariedade
Depois de brilharem no Cortejo e na exposição algumas flores foram distribuídas a quem estava na Praça do Povo
📷  Paulo Camacho  📷

Referência para o facto da presente edição da Festa da Flor contar com o Muro da Solidariedade, na Praça do Povo onde estacionaram os carros do cortejo, depois de concluído. Ficarão em exposição até às 18 horas de hoje. No entanto, ao princípio da tarde, um deles estava a retirar as flores do carro alegórico. Umas flores eram guardadas num carro estacionado mesmo ao lado, mas grande parte estava a ser distribuída a quem ali estava a ver a exposição para delícia de residentes, mas sobretudo de estrangeiros.


Sem comentários