728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Percurso pedestre Pico do Areeiro - Pico Ruivo nos 5 melhores do mundo

O percurso entre os dois picos é de cortar a respiração
📷  Turismo da Madeira/Francisco Correia  📷
O Percurso pedestre Pico do Areeiro - Pico Ruivo, na ilha da Madeira, é um dos 5 escolhidos de todo o mundo por um londrino que já percorreu parte significativa da Terra. Solicitado pelo jornal britânico The Guardian, “O Homem Que Trilhou o Mundo”, como se designa no Instragam, elegeu o percurso madeirense no conjunto de 5 que combinam as mínimas limitações físicas para o ser humano e paisagens emblemáticas. São 5 percursos memoráveis e relativamente fáceis de completar. Segundo refere, nenhum demora mais do que 5 horas a ser percorrido.

por Paulo Camacho

Outra vertente que une todos estes caminhos, segundo o explorador, é o facto de estarem bem assinalados e de não serem muito perigosos, dada a boa preservação de cada um.
A notícia evidencia que a ligação que lune os dois pontos mais altos da Madeira, o Pico Ruivo, com 1.861 metros, e o Pico do Areeiro, com 1.817 metros, é um percurso português, “relativamente curto mas visualmente estonteante, que integra a lista dos cinco trilhos mais curtos e belos do mundo”.
Segundo o site Visitmadeira.pt, presentemente, este percurso pedestre encontra-se condicionado estando transitável pela vereda oeste (pelos túneis). No entanto, mantém-se encerrado o acesso pela vereda este (Pico das Torres).

Percurso com 7 quilómetros

O percurso tem uma distância de 7 quilómetros e apresenta uma dificuldade média.
A duração prevista para fazer é de 3 horas e meia.
Este trilho tem a particularidade de percorrer parte da área do maciço montanhoso central, integrante da Rede Natura 2000. Começa no Miradouro do Pico do Areeiro e termina no Pico Ruivo e desenvolve-e a uma altitude máxima de 1.862 metros e mínima de 1.542 metros.
O percurso inclui túneis, alguns declives acentuados e paisagens fabulosas.

Recorde-se que são 30 os percursos que o Governo Regional recomenda. Entre troços de levadas, veredas e caminhos reais - 28 na Madeira e 2 no Porto Santo - estes percursos recomendados são infraestruturas sob gestão do Governo, com aproximadamente 200 quilómetros e que integram o património histórico, arquitetónico e natural da Região.

Caminhos recomendados

Estes percursos são recomendados porque possuem informação no local e online, com dados relativos à distância, duração, grau de dificuldade, sinalética e equipamentos variados, incluindo os de proteção, como varandins, dotando-os de maior segurança e qualidade.
A manutenção dos Percursos Recomendados é contínua, e o Governo Regional tenciona reforçar o investimento nestes, tornando-os mais seguros e atrativos. Os trabalhos incidirão na reposição de sinalética, colocação de instalações sanitárias em alguns dos percursos, construção de parques de estacionamentos e ainda concessionando as casas de abrigo para restauração e alojamento, melhorando consideravelmente o nível dos serviços prestados.

Sem comentários