728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

easyJet diz que não cresce mais em Portugal devido aos aeroportos

O primeiro Airbus A320neo entregue à easyJet em junho passado
📷  Airbus  📷
O diretor da easyJet para Portugal, José Lopes, disse esta quinta-feira que a companhia não pode crescer tanto como planeava este ano em Portugal devido a questões que têm a ver com os aeroportos nacionais. Por isso, admitiu crescer apenas 3% entre outubro e março quando o ano passado o inverno IATA ultrapassou os 20%.

por Paulo Camacho

Neste sentido, considera urgente implementar medidas até que surja uma alternativa ao Aeroporto de Lisboa, que reconheceu não poder crescer mais. Aliás, confidenciou que isso mesmo já levou companhia a desviar movimentos na operação de verão de Lisboa para o Porto, pese embora refira que o aeroporto do norte também está a ficar cheio. Isto porque afirmou ter solicitado mais 2 mil slots para o Porto mas só conseguiu 40 para verão IATA, entre abril e setembro.
Diz igualmente que a companhia não pode crescer a nível interno do país, para destinos como a Madeira.
Considera, por isso, que são oportunidades perdidas.
E no meio de tudo isto referiu que a easyJet levará para outros países os aviões que não podem ser colocados em Portugal.
Em 2017, a companhia transportou 6 milhões de passageiros em Portugal (+14%), sendo que metade foram Lisboa e no Porto.

A easyJet encomendou 130 aviões Airbus A320neo e Airbus A321neo e tem direitos para comprar mais 100 Airbus A320neo.

Sem comentários