728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Baixa do Funchal coberta com Wi-Fi gratuita

As áreas de cobertura da rede Wi-Fi que passará a ser disponibilizada gratuitamente pela Câmara Municipal do Funchal
📷  Câmara Municipal do Funchal   📷
Wi-Fi gratuita na cidade. É isso mesmo que a Câmara Municipal do Funchal vai proporcionar na capital da ilha da Madeira até o final deste semestre.

por Paulo Camacho

Para o efeito, será instalada rede Wi-Fi nas duas principais avenidas da cidade, nomeadamente na Avenida Arriaga e na Avenida do Mar, nas três principais praças (Praça do Município, Praça do Povo e Praça Amarela) e nas artérias centrais da cidade (Rua do Aljube, Rua Fernão de Ornelas e Rua de Santa Maria, até ao forte de São Tiago). Deste modo, abrange pontos importantes como o Jardim Municipal, o Teatro Municipal Baltazar Dias, a Sé do Funchal, o Largo do Chafariz, o Mercado dos Lavradores e a Zona Velha da cidade em geral que, com o seu significativo aglomerado de espaços comerciais e unidades hoteleiras e de alojamento local, é uma zona de particular importância para o turismo da cidade, num total de 22 pontos de acesso.

Sistema adjudicado à Altice/MEO

A Câmara Municipal do Funchal já adjudicou à Altice/MEO a instalação de tecnologia de internet sem fios em toda a baixa da cidade, viabilizando, desta forma, o acesso a uma ferramenta cada vez mais generalizada e valorizada no quotidiano da população, tanto em termos de lazer, como em termos profissionais.
O projeto é cofinanciado pelo Turismo de Portugal e vai no sentido “da progressiva aposta do Executivo numa cidade cada vez mais inteligente, que investe nas novas tecnologias de informação e comunicação e na modernização administrativa, como ferramentas determinantes para a melhoria da qualidade de vida e para o futuro da população”, explica o presidente do município, Paulo Cafôfo.

Competiu-nos fazer essa aposta tecnológica

O investimento previsto é de 50 mil euros, para um contrato de três anos com a operadora.
No entender do presidente, “hoje em dia, uma cidade económica e comercialmente dinâmica, cosmopolita e turística como o Funchal tem de ter ao dispor da população e de todos aqueles que nos visitam este tipo de utilitarismos e competiu-nos, mais uma vez, fazer essa aposta tecnológica, na linha de todo o trabalho que temos feito, quer a nível dos serviços camarários, com a Loja do Munícipe, e respetiva desmaterialização e novos sistemas de gestão documental, quer a nível de aplicações de reporte de ocorrências na via pública, como o Funchal Alerta, a nível turístico, com os roteiros digitais JiTT.travel Funchal ou USE-it Funchal, e a nível de comodidade da população, com a instalação de carregadores para dispositivos eletrónicos nas nossas paragens de autocarros, um projeto no âmbito do Orçamento Participativo do Funchal”.

Rede wifi a abranger os núcleos históricos

Paulo Cafôfo refere que “a instalação de uma rede Wi-Fi a abranger os núcleos históricos da cidade foi uma das propostas vencedoras da 2.ª edição do Orçamento Participativo do Funchal. Esta será, por isso, a primeira proposta do nosso segundo OP a ser concretizada, fundindo a visão da Autarquia com a vontade da cidadania e a participação da sociedade civil na gestão municipal, que tem sido uma das marcas do nosso mandato”.

O projeto irá permitir utilizar a rede wifi de forma gratuita e aceder aos conteúdos que mais lhes convierem, designadamente nos três núcleos históricos do Funchal - Sé, São Pedro e Santa Maria Maior. Com a disponibilização do acesso à internet, a Câmara Municipal do Funchal estará, igualmente, a possibilitar a pesquisa de restaurantes, pontos turísticos, reservas, compra online de bilhetes para eventos culturais ou consulta de horários de funcionamento dos seus museus e monumentos emblemáticos, de modo a que aqueles que visitam o Funchal, e todos quantos queiram passear, organizem melhor os seus planos, capitalizando, desta forma, a Estratégia Municipal de Turismo. 

Sem comentários