728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Madeira tem tudo para atrair startups internacionais na área do turismo e lazer


O presidente da Startup Madeira não tem dúvidas que estão reunidas as condições para que a Madeira receba startups na área do turismo e lazer. Carlos Soares Lopes sublinha que a Região Autónoma da Madeira “apresenta recursos humanos qualificados, infraestruturas tecnológicas, espaços de incubação, benefícios fiscais para empresas que operam no mercado internacional”. Além disso, complementa que recentemente a Madeira foi reconhecida internacionalmente como melhor destino insular mundial do ano 2017 nos World Travel Awards.

por Paulo Camacho

O presidente da Startup Madeira aponta condições da Região para atrair startups de fora
(foto Startup Madeira)
É neste quadro que a Madeira vai receber já no início do próximo ano, em janeiro, 8 startups internacionais, na área do turismo e lazer, no âmbito da “Madeira Startup Retreat”. Trata-se de um programa que resulta de uma iniciativa conjunta da Startup Madeira, Turismo de Portugal e da Nova School of Business and Economics, e que irá decorrer na Madeira de 15 de janeiro a 16 de março.
A concurso estão 61 startups, oriundas de 25 países. Brasil, Bulgária, EUA, Espanha, França, Holanda, Índia, Itália e Reino Unido foram os países mais ativos na fase de candidaturas, que terminou um mês após a passagem do Web Summit por Lisboa. As candidaturas estão atualmente em fase de avaliação e os resultados serão anunciados brevemente através do link do evento.
Aliar um ecossistema turístico maduro a novos tecnologias foi o desafio lançado pelo Governo Regional da Madeira para a preparação e desenvolvimento do Madeira Startup Retreat.
A realização deste programa na ilha vai permitir às startups, ao longo de dois meses, viverem uma experiência única num laboratório vivo.
Grupos hoteleiros, aeroporto, portos, empresas de transportes e de animação turística poderão ser parceiros para testes de novas funcionalidades e/ou soluções.

As startups selecionadas terão ainda acesso a um programa de mentoria desenvolvido em parceria com a Nova School of Business and Economics.

Sem comentários