728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Exposição da Madeira nos muppis e transportes de Lisboa

A promoção da exposição está a circular por Lisboa nos elétricos
(foto SRTC)
A Exposição “As Ilhas do Ouro Branco”, oriunda da Madeira e patente ao público no Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa, chega neste mês de dezembro às ruas da capital. E passa a estar visível nos transportes públicos, nos muppis e nos elétricos, que também integram a iniciativa promovida pelo Governo Regional, em articulação com a Associação de Promoção da Madeira.

por Paulo Camacho

Recorde-se que a exposição se enquadra nas comemorações dos 600 anos do descobrimento das ilhas do Porto Santo e da Madeira. Por isso mesmo, a secretária regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço, refere que esta ação promocional não apela apenas a uma visita a esta exposição “mas sim a uma vivência coletiva destas celebrações, em todo o país e junto dos turistas que, nesta altura, se encontram na capital portuguesa”. São turistas que diz revelarem “cada vez mais interesse em conhecer a história e a evolução dos destinos e o que verdadeiramente os distinguem, porque é nessa diferença que encontram motivação para visitar ou repetir as suas escolhas”.
Daí que tenha afirmado que conhecer as 86 obras que fazem parte da mostra “é reconhecer parte do que estamos a celebrar, a valorizar e a potenciar, quer do ponto de vista cultural quer turístico, ao assinalarmos os 600 anos do descobrimento das ilhas do Porto Santo e da Madeira”.
A campanha decorre até ao próximo mês de março, em diferentes suportes complementares entre si, altura em que também esta Exposição cumpre o seu programa de permanência no Museu Nacional de Arte Antiga.

As comemorações dos 600 anos do descobrimento das ilhas do Porto Santo e da Madeira envolverão um vasto conjunto de ações, a desenvolver na Madeira, no Porto Santo, em Portugal Continental, no estrangeiro e junto da diáspora madeirense. Eventos que estão a ser presentemente compilados e integrados no programa a cargo da Comissão Executiva, presidida por Guilherme Silva.

Sem comentários