728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Terras do Avô evidenciam Madeira além do vinho generoso

Os vinhos Terra do Avô começam por apresentar-se de uma forma distinta com rótulos da autoria de Marco Fagundes
Acreditar e persistência. Estas palavras alicerçam o projeto que Duarte Caldeira tem no mercado desde 2008 de vinho de mesa que se afirma em cada colheita com a marca Terras do Avô, uma homenagem ao seu pai, Alfredo Ferreira, de quem herdou as vinhas.

Os vinhos, trabalhados pelo enólogo residente João Pedro Machado, e pelo enólogo consultor Paulo Laureano, apresentam caraterísticas próprias, resultantes das condições próprias da ilha, do solo, do clima e da casta de predominante, o Verdelho, enfim, do terroir que distingue e realça a potência de cada vinho.
Aos brancos e tintos que estão na origem da produção, no final de 2016 lança o primeiro e único espumante produzido na ilha, o ‘Vinho Espumante de Qualidade Terras do Avô’. Esta primeira edição contou com 1.200 garrafas, produzidas a partir da colheita de 2014, com as castas tradicionais madeirenses, concretamente Verdelho da Madeira (89%) e Sercial (11%). Segundo os entendidos, o Espumante surpreende com a sua elegância e o seu caráter bem vincados, “bolha fina e persistente, paladar muito fresco, estruturado, untuoso, com final longo e persistente”, lê-se numa crítica a estes vinhos.
A matriz da empresa está no Seixal, no norte da ilha da Madeira, onde estão as raízes do empresário e de grande parte das vinhas que edificam os vinhos da Duarte Caldeira & Filhos - Seixal Wines Lda..
Duarte Caldeira começou nos vinhos em 2000. Esteve ligado a outra empresa anteriormente, a Seiçal, mas decidiu seguir o seu próprio caminho. Hoje, além de vender a sua produção no mercado madeirense, continua a comercializá-la para restaurantes e bares de referência nacionais e também no El Corte Inglés. A empresa dispõe de um distribuidor em Lisboa e outro no Porto.
O mérito e qualidade dos vinhos são reconhecidos e, por isso mesmo, são presença assídua nas publicações nacionais do setor e mesmo nas generalistas, como aconteceu na semana passada com a revista Visão.
O primeiro Espumante produzido na Madeira. É um Terras do Avô que volta a surprrender, tal como os brancos e os tintos
A empresa tem no mercado o referido Espumante, de 2014, o Tinto Colheita 2014, o Branco Colheita 2015, o Tinto Grande Escolha 2014 e o Branco Grande Escolha 2014.
O próximo lançamento será o Espumante 2014, mas com estágio de 3 anos, seguindo-se o Grande Escolha Branco 2017 nos primeiros meses do próximo ano.
Nos brancos predomina o Verdelho da Madeira, uma casta histórica da ilha, com um pouco de Terrantez e de Sercial. O Grande Escolha resulta de 86% Verdelho e 14% Terrantez. Por seu turno, nos tintos, predominam as uvas das castas Merlot, Tinta Roriz, Syrah, Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon, que se revelaram as melhores adaptações às condições do solo e do clima locais.

A Seixal Wines dispõe de 3 hectares de uvas de produção própria, distribuídas em vinhas existentes em 31 terrenos exigentes no Seixal, com a curiosidade do mais pequeno ter 19 m2. Utiliza igualmente uvas de outros pequenos produtores, cuja produção controla, no Seixal e também em outros locais da Ilha.

Sem comentários