• home
  • virtual
  • Acontece
  • Madeira Cultura
  • cam
  • Turismo
  • contacte
  • turjobs
Get Adobe Flash player

Grupo Pestana faz 40 anos, mas a semente foi lançada em 1941

Dionísio Pestana, presidente do Grupo Pestana

Quando o hobby é o trabalho e no trabalho há uma vontade férrea de vencer e de fazer e de ter sempre mais só pode resultar em algo de grande. No fundo, estes são os ingredientes que estão na origem do maior grupo hoteleiro português, que assinalou 40 anos no dia 20 de novembro. Na realidade, Manuel Pestana, o pai do Grupo Pestana e de Dionísio Pestana (na imagem), que soube aproveitar muito bem a herança e multiplicá-la por uma infinidade de outros projetos, confidenciou-me naquela que terá sido a última ou das últimas entrevistas que concedeu antes de partir para a derradeira viagem em 2008, não escondia que o seu passatempo favorito era o trabalho. Há 10 anos, por esta altura do mês, dizia que se divertia imenso a trabalhar. E o resto do tempo que sobrava era para estar com a família.

Onde se moldou

Onde tudo começou, com este hotel, então explorado pela Sheraton.

Este empresário, nascido na Ribeira Brava, teve ali o primeiro negócio em 1941. Mas depressa percebeu que a Madeira era demasiada pequena para as suas ambições e, por isso, saiu com 20 anos para Moçambique. E, depois, segue para a África do Sul, onde enriqueceu. Manuel Pestana aliment0u o ideal de  construir um hotel na sua terra natal. Viria a concretizar com a sua inauguração a 20 de Novembro de 1972. Um evento que contou com a presença do Presidente da República Américo Thomaz. As obras tinham arrancado na segunda metade da “década dos Beatles”, sendo que a primeira pedra foi lançada em 1968. Os trabalhos ficam concluídos no início dos anos 70, quando os famosos músicos de Liverpool já não estavam juntos a cantar o Let it Be.
Manuel Pestana teve o mérito de reconhecer que nesse novo investimento percebia pouco em termos de negócio de hotelaria, entregou a gestão a quem dava cartas e a unidade que surgiu no lugar do Hotel Atlântico passou a ostentar a marca Sheraton. Era o dono do empreendimento que passou a chamar-se Madeira Sheraton mas a gestão era estrangeira.
Mas o negócio não estava a resultar. A revolução de Abril de 1974 traz liberdades para quem não estava habituada e muitos empreendimentos deparam-se com dificuldades acrescidas. Manuel Pestana “convoca” o filho que pouco percebe de português e desconhece a cultura portuguesa. Nascido em Joanesburgo, na África do Sul, com 22 anos enfrenta o grande desafio de salvar o hotel de males maiores. Dionísio Pestana reconhece que foi uma época complicada em termos económicos e políticos. Tem de negociar com os bancos, controlar custos, definir prioridades… Mas deu tudo certo. «Montamos um plano de trabalho, formamos equipas dedicadas e soubemos interpretar as necessidades do mercado na época.»

O Madeira Carlton, o 1º passo de Dionísio Pestana

Em 1976, Dionísio Pestana pegou no empreendimento e ficou com a posse plena.
Deixa a Sheraton e passa a ostentar a chamar-se Madeira Carlton.
Depois, a marca Pestana fica a dever-se ao filho Dionísio. É ele que soube fazer crescer o que se resumia a uma única unidade, ainda por cima debilitada, sendo que, além da perspicácia que herdou do pai, teve sempre o mérito de ir buscar os melhores para apoiarem na caminhada. E, neste plano, há um nome que tem de ficar ligado ao crescimento sustentado do Grupo Pestana, que é o do madeirense Luigi Valle. O seu braço direito desde então.

As metas de Dionísio Pestana

Ainda me recordo de Dionísio Pestana traçar rumo para ter 10 hotéis. Hoje tem e gere 90 e todo o mundo. Admito que Manuel Pestana jamais sonharia que aquela aposta em ter um hotel na Madeira viria a ser o começo de um grande grupo hoteleiro que Dionísio Pestana iria erguer. Um processo que não se esgota nestas quatro décadas tendo em linha de conta a matriz deste empresário que cresceu na Madeira mas que há muito viu oportunidades fora dos limites da ilha.
Dionísio Pestana, presidente do Grupo Pestana, recorda o percurso e sublinha que o caminho para chegar até aqui «fez-se todos os dias, com paixão e entusiasmo, iniciativa e espírito de equipa». Frisou que o crescimento e diversificação da «atividade têm sido pontuados pela permanente atenção às necessidades dos clientes. Mas também pela procura contínua em superar resultados, com sentido de trabalho e de responsabilidade social».
Acentua que estes 40 anos são, para si, um marco que «nos obriga a honrar o trabalho de todos os que contribuíram, e contribuem todos os dias, para que a marca Pestana tenha sido capaz de se tornar no maior grupo hoteleiro português e, em plena crise global, consiga prosseguir com os seus objetivos de crescimento sustentado». Um crescimento sustentado que ultrapassam a hotelaria. Isto porque, além das unidades hoteleiras tem ainda uma companhia de aviação charter, seis campos de golfe, dois casinos, três empreendimentos de imobiliário turístico, 12 empreendimentos de timeshare e um operador turístico. A intenção é oferecer produtos completos e mais atrativos.
Na indústria e nos serviços, o grupo participa na Empresa de Cervejas da Madeira e na Sociedade de Desenvolvimento da Madeira, que tem a concessão do Centro Internacional de Negócios da Madeira.
Ao todo são nove as áreas de negócio onde opera: hotelaria, golfe, casinos, imobiliário turístico, aviação, distribuição turística, timesharing, indústria e serviços.

Para este ano

Uma das casas do empreendimento Pestana Tróia

É, no entanto, no seu principal negócio, a hotelaria, que o Grupo Pestana é reconhecido como líder. Ao longo destes 40 anos, o grupo, que tem vivido ciclos e contra ciclos, continua a crescer e a investir de forma sustentada.
Só este ano, o maior grupo hoteleiro português inaugurou a Pousada de Cascais, a maior do país, o premiado projeto sustentável Pestana Tróia Eco-Resort & Residences e a primeira unidade na Colômbia, o Pestana Bogotá 100.

Seguem-se os primeiros hotéis do grupo em Marrocos e na América do Norte: o Pestana Casablanca e o Pestana South Beach, em Miami, que vão abrir portas ainda este ano.

Os primeiros passos do Grupo

Historicamente, na década de 70, num contexto de crise nacional, foram necessários alguns anos para que o primeiro hotel atingisse a excelência desejada. Para tal, contribuiu também decisivamente o caminho pioneiro desenhado por Dionísio Pestana com a aposta no timeshare, um modelo totalmente inovador em Portugal, à época, e que permitiu alavancar o desenvolvimento da marca.
Gradualmente foi-se desenhando uma estratégia de crescimento sustentado assente na diversificação para serviços complementares.
As apostas seguintes, na década de 90, passaram por investimentos nas áreas do imobiliário turístico e no golfe que permitiram à marca Pestana criar base no Algarve, território chave do turismo nacional e primeiro passo para a sua liderança no país.
O primeiro passo no caminho da internacionalização dá-se em 1998, com a abertura das unidades de Moçambique e, logo no ano seguinte, com a aposta no destino Brasil com a compra do Pestana Rio Atlântica no Rio de Janeiro, a que se juntaram gradualmente outras oito unidades .
Em 2001 o Grupo Pestana inaugura o seu hotel de bandeira, em Lisboa, o Pestana Palace Hotel & National Monument, fruto da recuperação do Palácio de Valle Flor e dos seus jardins, ambos monumentos nacionais, uma unidade “The Leading Hotels of the World”.
Dois anos mais tarde, em 2003 e ainda em Portugal, o Grupo Pestana ganha o concurso internacional para gerir a cadeia Pousadas de Portugal.
África do Sul, Cabo Verde, Argentina, S. Tomé e Venezuela juntam-se ao mapa cada vez mais global da marca Pestana, ao longo desta primeira década do século XXI.

O Pestana Chelsea Bridge

A abertura do Pestana Chelsea Bridge, em Londres, em 2010, dá início a um novo eixo de expansão do grupo para as capitais europeias, a que se junta, em 2011, a capital alemã, com o Pestana Berlim Tiergarten.
Os resultados deste percurso de 40 anos são claros: o Grupo Pestana é hoje o maior grupo hoteleiro português com presença em 13 países, em três continentes.

Novas apostas

Passados estes 40 anos de sucesso, o grupo continua a estudar novas formas de desenvolvimento, dentro e fora do país. Nos próximos anos, as principais cidades europeias e a América do Sul vão continuar a ser a grande aposta do Grupo Pestana. Para comemorar este aniversário, o Grupo tem previstas várias iniciativas comerciais nas unidades Pestana, ao longo de todo o ano.

O Grupo Pestana

O Grupo Pestana é o maior grupo português do sector do Turismo, em Portugal. Com duas marcas de hotelaria – Pestana Hotels & Resorts e Pousadas de Portugal (cuja gestão da rede assumiu em 2003) – o Grupo detém e gere cerca de 90 unidades hoteleiras pautadas pelos mais elevados padrões de qualidade.
São mais de 9.000 quartos disponíveis para os seus hóspedes na Europa, em África e na América Latina.
Além de 45 hotéis (10 na Madeira, 9 no Algarve, 3 em Lisboa/Cascais/Sintra, 1 no Porto, 1 em Inglaterra, 1 na Alemanha, 9 no Brasil, 3 em Moçambique, 1 na África do Sul, 1 em Cabo Verde, 2 na Argentina, 1 na Venezuela e 3 em S. Tomé e Príncipe), o Grupo Pestana gere a rede das Pousadas de Portugal, tem 12 empreendimentos de Vacation Club, 6 campos de golfe, 3 empreendimentos imobiliários/turístico, duas concessões de jogo para Casino (Madeira e S. Tomé e Príncipe), participação numa companhia de aviação charter, uma agência de viagens e três operadores turísticos.
Ao todo, são 7.000 colaboradores, com um EBITDA de cerca de 103 milhões de euros e com mais de 404 milhões de euros em receitas em 2011.
De acordo com a revista norte-americana “Hotels”, o grupo Pestana, criado em 1972 com a fundação da M & J Pestana – Sociedade de Turismo da Madeira, ocupa a 115ª posição do top 300 das empresas hoteleiras mundiais. Mais recentemente, passou também a ocupar a 26ª posição do European Hotel Survey 2010, no ranking da revista “Hotel Management International”.
Em 2010, a marca Pestana, com as suas duas insígnias Pestana Hotels & Resorts e Pousadas de Portugal foi avaliada em 104 milhões de euros pelo Brand Valuation Forum e considerada uma das marcas mais valiosas em Portugal. O Grupo comemora 40 anos de existência com o objetivo de chegar às 100 unidades hoteleiras em todo o mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como se fez o Grupo Pestana ao longo destes 40 anos

ano unidade/área local
     
1972 Constituição da M&J Pestana Madeira
Inauguração do Madeira Sheraton hoje Pestana Carlton Madeira
     
1985 Início da área de Habitação Periódica - Madeira Beach Club Madeira
     
1986 Compra da ITI - Casino Park Hotel e Casino da Madeira Madeira
     
1991 Pestana Gardens Hotel Madeira
     
1992 1º investimento hoteleiro fora da Madeira com a compra da Salvor que detinha 4 hotéis Algarve
     
1993 Pestana Palms Hotel Madeira
     
1994 Pestana Atlantic Gardens atual Pestana Cascais Cascais
     
1995 Pestana Bay Hotel atual Pestana Bay Ocean Madeira
     
1996 Compra Carvoeiro Golfe e Imobiliára Algarve
     
1997 Pestana Village Hotel Madeira
     
1998 Início da Internacionalização com a entrada em Moçambique - Pestana Rovuma, Inhaca e Bazaruto Moçambique
     
1999 Início da Expansão para a América do Sul com a entrada no Brasil - Pestana Rio Atlântica Brasil
  Pestana Quinta da Beloura Clubhouse atual Beloura Pestana Golf Sintra
     
2000 Pestana Miramar Garden Resort Aparthotel Madeira
Pestana Porto Hotel & World Heritage Site Porto
Pestana Angra Beach Lodge Algarve
Pestana Natal Beach Resort Brasil
     
2001 Pestana Palace Hotel & National Monument, Flagship hotel do GP Lisboa
Pestana Bahia Hotel Brasil
Pestana Palms Gardens Ocean Villas Algarve
Pestana Alvor Atlantico Algarve
Alvor Beach Club Algarve
Compra terrenos futuro Pestana Silves Golfe Algarve
Pestana Atalaia – vendido  
     
2002 Pestana Kruger Lodge Safari Resort África do Sul
Pestana São Paulo & Conference Center Brasil
Ampliação Pestana Gramacho Golfe Algarve
     
2003 Pestana Trópico Hotel Cabo Verde
Pestana Porches Praia Algarve
Pestana Viking Algarve
Pestana Alvor Praia Algarve
O Grupo Pestana ganha o concurso para gerir a cadeia  Pousadas de Portugal Portugal
  Pestana Equador atual Ilhéu das Rolas Resort São Tomé & Príncipe
     
2004 Pestana Grand Hotel Madeira
Pestana Buenos Aires Argentina
Pestana Curitiba Brasil
     
2005 Pestana Alvor Park Hotel Algarve
Internacionalização da marca Pousadas no Brasil - Pousada Convento do Carmo Brasil
Empresa de Cervejas da Madeira Madeira
Operador turístico Sonhando Portugal
     
2006 Pestana Sintra Golf Resort Sintra
Pestana São Luís Brasil
Pestana Sauípe – vendido Brasil
Pestana  Silves Golfe Algarve
Madeira Magic Madeira
Pestana Grand Private Collection Madeira
     
     
2007 Pestana Palms Private Collection Madeira
Miramar By Pestana São Tomé
Pestana Bahia Residence e Pestana Ipojuca Residence Brasil
Pestana Sauipe Brasil
     
2008 Pestana Porto Santo Madeira
Pestana Caracas Venezuela
Pestana São Tomé São Tomé
 Alto Golfe Algarve
     
2009 Pestana Promenade Hotel Madeira
Pestana Bahia Lodge Brasil
Pousada de Viseu Viseu
Pousada de Faro, Palácio de Estói Algarve
Pousada do Porto, Freixo Palace Hotel Porto
     
2010 Pestana Chelsea Bridge Hotel & Spa - 1º hotel na Europa, fora de Portugal Inglaterra
Pestana Bariloche – já não está sob gestão do grupo atualmente Argentina
  Pestana Vila Sol Algarve
     
2011 Pestana Berlin Tiergarten Hotel Alemanha
     
2012 Pousada de Cascais, Cidadela Historic Hotel Cascais
Pestana Tróia Eco-Resort Troia
Bogotá 100 Colombia
Pestana Miami EUA
Pestana Casablanca Marrocos
40º Aniversário do Grupo Pestana 20-11-12

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos:

pesquise por temas

Contacto

madeiratravelnews @madeiratravelnews.com

Escreva conosco

navega1

Artigos recentes

  • Zona Franca Industrial tem 46 empresas licenciadas
  • Vivafit Funchal quer mulheres com mais saúde
  • iMED criada para dar aos médicos mais tempo para a saúde
  • TAP é a companhia que mais voa e quer voar para a Madeira
  • Grupo ACIN é um sucesso com plataformas inovadoras

Hotelaria

Compare preços de
hotéis baratos na Madeira e descubra tudo que a ilha madeirense tem a oferecer.

Etiquetas

"APAVT" "AP Madeira" "Dionísio Pestana" "easyjet" "Grupo Pestana" "João Welsh" "passageiros" "Pedro Costa Ferreira" "Porto Santo" "TAP" aeroporto da Madeira agências de viagens & operadores AIDAsol ANA Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo aviação Bruno Freitas Conceição Estudante Confederação do Turismo Português Costa Concordia cruzeiros fim-do-ano greve Gérman Efromovich hotelaria IVBAM Lobo Marinho madeira MSC Cruises MSC Cruzeiros Porto Bay Porto do Funchal Porto Santo Line Portos da Madeira privatização promoção secretária regional da Cultura secretária regional da Cultura Turismo e Transportes TAP Portugal The Cliff Bay Thomson Majesty todas as notícias transavia.com turismo Turismo e Transportes
  Funchal Weather

Laurissilva – UNESCO

Laurissilva

Santana – Biosfera

santanabiosfera

WalkMe Madeira – app

walkemwmadeira

MTNews reforça equipa

Madeira Travel News está a reforçar a equipa, agora com dois especialistas nas respectivas áreas: Jorge Ferreira, no sector dos cruzeiros marítimos e Rui Sousa, no sector da aviação. Outros mais estão na calha para fazermos deste portal um veículo de referência nas notícias de Turismo relacionadas com o destino Madeira

Aeroporto da Madeira

navega1

Subscribe to my posts


Follow Me On The Web!

translate

EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Tap especial agentes viagens

acontecemadeira

calendário dos artigos

Novembro 2012
S T Q Q S S D
« Out   Dez »
  1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30  

funchal dailly photo

funchaldailyphoto

I Love Madeira

I love Madeira

festa da flor 2013 – maio

Funchal live

Porto Santo live

Google – Street view

googlestreetview

Partners

navega1
navega1
navega1

direitos dos passageiros

orangeweb

arquivo (sites pioneiros)

Inmadeiraandworld

Madeiranewsarquivo