728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Tap cresceu 3,7% na Madeira em 2008

Um avião da TAP prepara-se para sair do Aeroporto da Madeira
(foto: Paulo Camacho)
As vendas da TAP na Madeira cresceram 3,7 por cento em 2008, num ano em que o mercado cai 2,8%. Quem o diz é Paula Canada, directora de vendas da companhia para Portugal.

Na entrega dos Top Tap Madeira, ontem à noite, no Funchal, durante um jantar que decorreu no Madeira Meliã Maré, a gestora teve ocasião de evidenciar ainda que o sector doméstico, principalmente a partir do segundo semestre do ano passado, revelou uma quebra, que apontou ser resultado da entrada da Easyjet na Madeira. Mas não só. Admitiu que também resulta de alguma retracção na procura por parte dos residentes da Região Autónoma, “ainda não totalmente habituados ao novo pacote tarifário, que obrigou a criar novos hábitos de consumo.”
Quanto a números concretos, Paula Canada revelou que o número de passageiros transportados nas rotas da Madeira atingiu, em 2008, os 800 mil passageiros, o que representou mais 9% do que no ano anterior.
Mais adiantou que o mercado português foi responsável por aproximadamente 70% deste número, o que representou 550 mil passageiros. Traduziu-se em -3% do que no ano anterior, “compensado pelo crescimento dos mercados exteriores que foram responsáveis +50% do que em 2007”.
Por isso, sublinhou que a operação TAP não foi alterada na linha da Madeira. Disse que, apesar da entrada da concorrência, a empresa sempre afirmou que “estamos cá e que tudo faremos para continuar a servir a Madeira, da melhor forma de sabemos fazer”.

As empresas distinguidas

Quanto às empresas Top TAP Madeira distinguidas ontem à noite, podemos sublinhar que no topo das agências de viagens e nos transitários, tudo se mantém igual à edição do ano passado. Quer isto dizer que a agência de viagens Intertours ficou em primeiro lugar e nos transitários foi a Abreu Carga.
Agora, em relação a segundos lugares houve mexidas. Nas agências de viagens, a Top Atlântico Madeira passou de terceiro o ano passado para números dois este ano, em troca com a Bravatour.
No que toca à carga, a Intermadeira perdeu o segundo lugar, que passou a ser ocupado pela Despcarga - Transitários e Despachos, uma empresa madeirense, no mercado há mais de 15 anos.
Recorde-se que a TAP realiza o jantar dos Top TAP Madeira todos os anos com o intuito de distinguir as empresas que mais produtos TAP venderam no ano anterior à entrega dos prémios.

Sem comentários