728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Madeira perde 18% de turistas em Fevereiro

O número de dormidas nos estabelecimentos hoteleiros caiu 14,3 por cento em Fevereiro face a igual mês de 2008, acentuando-se a evolução negativa dos últimos meses, anunciou hoje o INE.

De acordo com os dados sobre a actividade turística hoje divulgados pelo Instituto Nacional da Estatística (INE), o número de dormidas caiu para um total de 1,9 milhões, as receitas totais da actividade turística recuando 20 por cento para 84,4 milhões de euros.
A quebra de 14,3 por cento do número total de dormidas resultou de uma diminuição de 19,4 por cento da procura dos turistas estrangeiros para 1,19 milhões de dormidas, que foi acompanhada de um recuo de 3,8 por cento das dormidas dos residentes para 694 milhares.
Entre os maiores mercados tradicionais, todos em queda, a Itália regista a quebra mais marcada com um recuo de 27,9 por cento no segundo mês de 2009, seguido do Reino Unido (-26,6 por cento) e da Alemanha (-16,3 por cento).
Os turistas provenientes da Espanha diminuíram 14,9 por cento, os da Holanda 2,3 por cento e os da França 0,6 por cento.
Por regiões, só o Alentejo e os Açores registaram em Fevereiro um aumento da procura face a igual mês do ano anterior, de 1,4 e de 0,4 por cento respectivamente.
Lisboa regista o pior desempenho, com uma quebra de 18,9 por cento do número de dormidas face a Fevereiro do ano passado, logo seguida da Madeira (- 18,4 por cento).
No Algarve, primeiro destino turístico do país, a quebra é de 16,4 por cento. O Norte é a região Centro apresentam recuos menos acentuados de 4,9 e 6,6 por cento respectiavemente.
A estada média nos estabelecimentos hoteleiros foi de 2,6 noites (inferior em 0,1 por cento a igual mês de 2008, e a taxa de ocupação de 26,6 por cento (em baixa de 4,9 pontos percentuais).

Sem comentários