728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Conceição Estudante quer mais da liberalização

A secretária regional do Turismo e Transportes considera extremamente positivo o primeiro ano do “Céu aberto”, em vigor faz hoje precisamente um ano. “Não só pela abertura a novas companhias como também pelos preços que passaram a ser possíveis praticar”, sublinhou Conceição Estudante, depois do brienfing que decorreu no Aeroporto da Madeira, a propósito da visita que Ralph Gonsalves, primeiro-ministro de São Vicente e Granadinas fez ontem de manhã àquela infra-estrutura.

Conceição Estudante disse que a experiência é para continuar e para ir, “sobretudo, alargando”.
Recorde-se que, há um ano, foi anunciado neste dia, com pompa e circunstância, a nova fase nas ligações aéreas entre a Madeira e os aeroportos do continente.
A Tap e a Sata reajustaram a oferta. A primeira low cost só surgiria na linha de Lisboa em Outubro desse ano. No dia 27. Falou-se nas companhias de baixo custo a voarem também do Porto e de outras a fazerem a ligação da capital, mas, até à data, não há nada de concreto.

Festa da Flor será o principal cartaz















No que toca à Festa da Flor, que anima a Madeira estes dias, a secretária regional sublinhou que o Funchal vai estar engalanado no seu melhor período “para receber os muito turistas que vão estar cá e que vão encher os hotéis na ordem dos 87 por cento, que é uma exclente ocupação para um período que passou a ser um dos grandes momentos altos do nosso calendário turístico, senão o mais alto”.

Sem comentários