728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

easyJet sensibilizada para aposta na segurança

A easyJet afasta por completo descurar a segurança nas suas operações. Na resposta a um órgão de comunicação social madeirense que havia dito que um voo oriundo de Lisboa, da companhia, tinha chegado à Madeira com “alegadas falhas na segurança e nas normas internacionais exigidas”, deixa bem claro que os passageiros que “voam connosco para a Madeira podem ficar seguros de que, quaisquer que sejam as condições, os nossos comandantes irão sempre colocar a segurança dos passageiros em primeiro lugar.”
O Chief Operating Officer da easyJet, Cor Vrieswijk, sublinha que as autoridades de segurança portuguesas definem requisitos mínimos de treinos e segurança para todos os comandantes que voam para a Madeira.
Na easyJet exigimos os nossos próprios requisitos de segurança e estipulamos que todos os comandantes que operam para a Madeira se submetam a um extenso treino num simulador de voo, antes de começarem a voar para o aeroporto da Madeira”, complementa.
Por isso, em jeito de remate, diz que são estes “conhecimentos, experiência e treino que irão levar um comandante a optar por não aterrar no Funchal em condições meteorológicas adversas, divergindo para outro aeroporto. No que respeita à easyJet, apenas três, de entre mais de 140 voos, foram desviados nos últimos 3 meses de operações, o que corresponde a cerca de 2%.”

Sem comentários