728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

As cidades mais caras para utilizar wi-fi

A cidade de Veneza está no lote das mais caras na utilização da rede wi-fi
(foto Pixabay)
Veneza, Madrid e Paris são as cidades mais caras para os turistas fazerem uma ligação à Internet através de uma rede wireless, indica um estudo da agência de viagens online Expedia, que não inclui cidades portuguesas.

A média de preços por hora de ligação à rede wireless em Veneza é de 7,4 euros, podendo chegar aos 21 euros se o acesso for feito num hotel e aos dez se for no aeroporto.
Em Madrid, a segunda cidade mais cara, os turistas podem pagar uma média de 10 euros por hora se a ligação for num hotel e até nove se for nos aeroportos, ficando numa média de 6,3 euros por hora.
Os preços em Paris estão numa média de 5,8 euros por hora, seguido de Barcelona em que os turistas pagam um valor médio 5,2 euros por hora.
O ranking das cidades mais caras continua com Amesterdão, Dubai e Praga, Roma e Nova Iorque com médias de cinco, 4,6 e 4,2, 3,5 e 2,3 euros, respectivamente.
A lista fecha com a Florida onde o preço médio de ligação wireless é de 0,90 euros e onde a maioria dos locais disponibiliza acesso gratuito, refere a imprensa espanhola.
O mesmo estudo da Expedia, que comparou as tarifas nos aeroportos, cafés e hotéis de diversas categorias em dez capitais, refere ainda que a Europa é o local mais caro para as ligações wi-fi.
A agência destaca ainda que os hotéis de categoria mais baixa estão mais dispostos a fornecer Internet wireless gratuito do que os de cinco estrelas cujas tarifas podem chegar aos 21 euros por hora, recomendando o sacrifício de uma ou duas estrelas em detrimento da Internet gratuita devendo os clientes informar-se antes sobre o valor do serviço, ligar-se a partir dos business centres em vez do portátil no quarto e tentar negociar a tarifa do serviço especialmente se a estada é de vários dias.

Sem comentários