728x90_Home_Active Campaign ]]> - - - -

últimas notícias

Inspira Hotels aposta em Lisboa e no Porto



A Inspira Hotels, uma 'joint-venture' formalizada em 2006 entre o Grupo Blandy e a 'holding' da família Osório de Castro, apresenta dois projectos hoteleiros de quatro estrelas em Portugal.
A primeira unidade fica em Lisboa. Trata-se do Inspira Santa Marta Hotel, com 90 quartos, está situado no eixo da Av. da Liberdade e encontra-se em fase adiantada de construção. Será inaugurado em meados de 2009.

A segunda, na cidade do Porto, é o Inspira Flores Hotel, com 60 quartos, que aguarda licenciamento. Trata-se de um projecto igualmente de requalificação urbana, de recuperação e transformação de um palacete localizado no coração da cidade Invicta.

Estratégia

Uma parceria entre o grupo Blandy, 
com sede na Madeira e larga experiência no sector do turismo, com interesses no Grupo Porto Bay, e a Investoc, a 'holding' da família Osório de Castro cujos principais negócios são a promoção e o desenvolvimento de projectos imobiliários, deu origem à Inspira SGPS, bem como a Inspira Gestão Hoteleira, uma nova empresa dedicada à gestão das unidades do grupo e de hotéis de terceiros.
Criada em 2006, mas tendo à partida 'know-how' em diversas áreas de competência, a Inspira Gestão Hoteleira reúne boas condições para se consolidar no mercado português e, em seguida, conquistar uma posição de destaque na Península Ibérica.
O grupo tem como objectivo desenvolver o seu portefólio de hotéis e a gestão de empreendimentos hoteleiros de médio porte, situados nas zonas urbanas, nas categorias de 3 e 4 estrelas.

O Grupo
O grupo Inspira conta com dois parceiros fortes: o Grupo Blandy, com sede na Madeira, proprietário de agências de viagem, negócios nos meios de comunicação e no sector vinícola e, também com uma longa tradição em investimentos no ramo hoteleiro, com destaque para o Reid's Hotel Madeira, o Country House Hotels no Reino Unido e o Grupo Porto Bay e a Investoc, SGPS, S.A., holding constituída pela família Osório de Castro na sequência do processo de venda do Grupo Hagen, investidora em dois ramos de negócios principais — a promoção e o desenvolvimento de projectos imobiliários e na área hoteleira.

Sem comentários