últimas notícias

Movimento portuário — 3.ª feira, 16 de outubro

O Independence of the Seas chega hoje ao Funchal para depois rumar a La Coruña (Espanha)
(Foto: Arquivo APRAM)
O porto do Funchal volta hoje, 3.ª feira 16 de outubro, a estar engalanado com a presença de dois belos navios de cruzeiro: o Independence of the Seas e o Magellan.

Por: Paulo Gilberto Camacho

O Independence of the Seas proveniente de Santa Cruz de La Palma (Canárias) tem a sua amarração ao cais sul da Pontinha agendada para as 07h30. Agenciado por JFM Shipping, Lda., a sua estadia prolongar-se-á até às 16h00, momento em que soltará amarras para rumar a La Coruña (Galiza, Espanha).
Este navio da Royal Caribbean International, construído em 2008 pelos estaleiros finlandeses de Aker Yards, desloca 154.407 tons de peso bruto, mede 338,77m de comprimento por 38,60m de boca (largura). O seu calado actual é de 9m. Tendo como irmão-gémeo o Liberty of the Seas, navega com bandeira das Bahamas.
O elegante Magellan está de novo no Funchal para uma escala de 10 horas.
(Foto: Mafalda Camacho)
Pelas 08h00 o Magellan, agenciado por Blatas, Lda., faz a sua acostagem também ao cais sul da Pontinha. É procedente de Santa Cruz de Tenerife (Canárias) e, pelas 18h00, largará rumo a Lisboa.

O Magellan entrou ao serviço em 1985, tendo sido construído nos estaleiros dinamarqueses Aalborg Vaerft. Sofreu remodelações em 2000 e 2015. Desloca 46.0652 tons de peso bruto, mede 221,60m de comprimento por 28m de boca (largura) e 7,70m de calado. Opera para a Cruise & Maritime Voyages (CMV) e navega com bandeira das Bahamas.
O Monte Brasil chega ao Caniçal, pelas 07h00, com carga de Ponta Delgada (Açores).
(Foto: Arquivo APRAM)
Por sua vez, no porto comercial do Caniçal, o Monte Brasil amarra ao cais norte com carga de Ponta Delgada (S.. Miguel, Açores). Agenciado por Transinsular-Madeira, Lda., deverá dar por concluída a sua operação portuária por volta das 14h00, rumando depois a Lisboa.

O Monte Brasil é um porta-contentores português da Transinsular construído em 1994 e que navega com bandeira da Madeira. Desloca 7.039 tons de peso bruto e 8.450 tons de peso morto. Mede 126m de comprimento por 20m de boca (largura) e o seu calado actual é de 5,7m.
O Santa Maria Manuela passará o dia em fundeadouro no Porto Santo, rumando ao Funchal pelas 17h00.
(Foto: Marco Paulo Jarimba/MarineTraffic)  

Por fim, o veleiro português Santa Maria Manuela volta a estar no Porto Santo, mais uma vez na situação de fundeadouro. Chega à “ilha dourada” pelas 08h00 e depois, cerca das 17h00, ruma ao Funchal.
Das suas características temos dado bastas vezes informação neste espaço referente ao movimento portuário na Região.

Sem comentários