últimas notícias

Edição de Natal do Concurso de Vitrinismo com votos do público

Paulo Cafôfo com a Cristina Pedra Costa, à sua esquerda, e representantes das lojas vencedoras
📷  CMF/André Gonçalves  📷

O Concurso de Vitrinismo “Funchal, Cidade das Flores” é um projeto que “acarinhamos”. Quem o disse esta tarde foi o presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, na apresentação dos vencedores da 4.ª edição do evento promovido no âmbito da Festa da Flor 2018 e inserido no Programa de Revitalização do Comércio e Serviços do Funchal. Igualmente presente esteve a presidente da ACIF - Câmara de Comércio e Indústria da Madeira, Cristina Pedra Costa.

por Paulo Camacho

A edição, associada à Festa da Flor, foi enaltecida pelo autarca, que congratulou todos os envolvidos no concurso, colaboradores e participantes, como “uma época do ano especial para o Funchal, onde são visíveis as iniciativas promovidas pelas mais diversas entidades para acolher os nossos hóspedes, em termos de a hotelaria e de restauração. E a CMF e a ACIF não podiam estar de parte, apostando, neste caso, na promoção de uma temática tão relevante como o vitrinismo”.

Os vencedores

Os vencedores desta edição foram os seguintes:

1.º lugar
Glamour Decorações
(prémio no valor de 1.000 euros)

2.º lugar
Vista Alegre
(prémio de 500 euros)

3.º lugar
Chá de Rosa’s
(prémio de 250 euros).

As menções honrosas foram atribuídas ao Chafariz Farma, à Ourivesaria Parisiense e à Loja do Vinho.

Edição de Natal com novidades

Paulo Cafôfo aproveitou a ocasião para avançar com novidades para a 5.ª edição do concurso, a realizar no próximo Natal, “motivadas pela crescente adesão em termos de lojistas, o que aumenta a nossa responsabilidade perante este projeto”.
Deste modo, o edil anunciou que vai ser criado um dístico que passará a figurar nas lojas aderentes. E, consequentemente, será criado um roteiro que percorra todos os estabelecimentos em concurso.
O presidente da CMF referiu ainda que em termos de avaliação final, que até agora era feita por um júri, passará a contar com a participação dos cidadãos, adotando uma pontuação partilhada, 50/50 júri e opinião popular. Desta forma, envolverá “toda a cidade na mostra e na decisão final. Penso que será uma novidade que qualificará o concurso, tornando-o ainda mais atrativo à população em geral”.

Adote uma Loja

Paulo Cafôfo revelou, por fim, algumas informações relativas ao projeto “Adote uma Loja”, que vai unir a criatividade ao comércio para a dinamização das ruas funchalenses através da arte urbana, e que contará com a colaboração de vários artistas madeirenses. Realçou, ainda, o projeto Iluminação do “Centro Histórico do Funchal”, através do qual a autarquia vai investir em mais e melhor iluminação pública na baixa da cidade, ambos incluídos no Programa de Revitalização do Comércio e Serviços do Funchal.

Sem comentários