últimas notícias

Movimento portuário — 6.ª feira, 27 de abril

O Arcadia, após pernoita, continua hoje no Funchal até às 17h30, rumando depois a Cadiz.
(Foto: Paulo Camacho)
O porto do Funchal nesta 6.ª feira, 27 de abril, conta com a presença do Arcadia que está amarrado ao cais sul da Pontinha, desde ontem, permanecendo até às 17h30 de hoje, para depois rumar a Cadiz (Andaluzia, Espanha). Está agenciado por Blatas, Lda.

Por: Paulo Gilberto Camacho

Das suas características e detalhes, demos conta ontem neste mesmo espaço informativo.
O Seabourn Odyssey está de regresso ao Funchal, vindo de Lisboa.
(Foto: Arquivo APRAM)
Pelas 07h00, o Seabourn Odyssey vindo de Lisboa, faz a sua amarração ao cais sul da Pontinha. Agenciado por Blatas, Lda,, soltará amarras pelas 17h00, tendo como destino Santa Cruz de Tenerife (Canárias).
Com os irmãos Seabourn Sojourn e Seabourn Quest formam a Seabourn Cruise Line — USA, além de outros navios. Entrou ao serviço em 2009 e sofreu remodelações no decurso deste ano de 2017. Foi construído nos estaleiros italianos T Mariotti Spa. Desloca 32.477 tons de arqueação bruta e mede 198,15m de comprimento por 25,6m de boca (largura). Navega com bandeira das Bahamas.
O Le Grand Blue é actualmente pertença de Eugene Shvidler.
(Foto Marine Traffic)
Também pelas 07h00, deverá chegar ao Funchal o superiate Le Grand Blue, procedente de Sin Maarten (Caraíbas). Agenciado por Blatas, Lda., manter-se-á em fundeadouro até às 13h00 para depois rumar a Gibraltar.
O Le Grand Bleu é um dos maiores iates privados do mundo, com 114 metros de comprimento por 17,68m de boca (largura) e 4,6m de calado. Desloca 5.556 tons de peso bruto. Ele foi construído no estaleiro Bremer Vulkan, em Bremen, na Alemanha, e lançado em 2000. Foi projectado por Stefano Pastrovich e construído pela Kusch Yachts. Já foi pertença do célebre bilionário russo Roman Abramovich e, presentemente, é propriedade de Eugene Shvidler.
O Grinna está em fundeadouro, frente à Barreirinha, onde deverá permanecer até às 08h00 do dia 1 de maio.
(Foto: Paulo Camacho)
Em fundeadouro frente à Barreirinha, já desde a tarde de ontem, está o Grinna agenciado pela Funchal Marítima. Veio de Esbjerg Havn (Dinamarca) e, pelas 08h00 do próximo dia 1 de maio rumará a Roseau (Dominica, Caraíbas).
O Grinna é um navio-piloto da classe de embarcações de manutenção de farol e navios de força. Foi construído na Dinamarca e lançado à água em 1980. Desloca 283 tons de peso bruto e mede 38m de comprimento por 9m de boca (largura) e 3m de calado. Navega com bandeira dinamarquesa.
O Maris chega ao Caniçal, pelas 12h00, com carga de Lisboa.
(Foto: Marine Traffic)

Por fim, no porto comercial do Caniçal, é esperado o Maris com carga de Lisboa, amarrando ao cais norte pelas 12h00. Agenciado por PMAR-Navegação, Lda., o navio que ainda não tem data/hora de saída, regressará ao porto de origem após a sua operação portuária de carga/descarga.
Construído em 1995, o Maris navega com bandeira de Chipre, desloca 3.999 tons de peso bruto, 5.325 tons de peso morto e mede 101m de comprimento por 18m de boca (largura) e 5,2m de calado.

Sem comentários