últimas notícias

Movimento portuário — sábado, 3 de março

Esperemos que a operação de amarração do AIDAblu seja idêntica à do AIDAsol, apesar das ondas entre os 4 e os 5m…
(Foto: APRAM)
Neste sábado, 3 de março, as condições marítimas na costa sul da Madeira mantêm-se idênticas às de ontem, com ondas entre os 4 e os 5m de altura, condicionando a amarração de navios de cruzeiro na Pontinha. Tal como o AIDAsol, ontem, o AIDAblu é esperado hoje, mas pelas 14h00, procedente de Santa Cruz de Tenerife (Canárias). Esperemos que a sua amarração ao cais sul, decorra como a do seu irmão.

por: Paulo Gilberto Camacho

Agenciado por Blatas, Lda., o navio prolongará a sua estadia com pernoita, até às 16h00 de domingo, para depois rumar a Lisboa.
Este AIDAblu que opera para a Aida Cruises, foi construído nos estaleiros alemães de Meyer Werft - Papenburg e lançado à água no ano 2010. Desloca 71.304 tons de peso bruto e mede 251,89m de comprimento por 32,20m de boca (largura) e 7,20m de calado. Tem como irmãos-gémeos o AIDAsol (2011), o AIDAmar (2012) e o AIDAstella (2013).
O Maris é esperado no Caniçal, pelas 22h00, com carga de Lisboa.
(Foto: APRAM)

Por outro lado, no cais norte do Caniçal é esperado, pelas 22h00, o Maris com carga de Lisboa. Ainda sem data/hora de saída, o navio que é agenciado por PMAR Navegação, Lda., regressará depois ao porto de origem.
Construído em 1995, o Maris navega com bandeira de Chipre, desloca 3.999 tons de peso bruto, 5.325 tons de peso morto e mede 101m de comprimento por 18m de boca (largura) e 5,2m de calado.

Sem comentários