últimas notícias

Santana vai ter hotel de 5 estrelas junto à Quinta do Furão

Assim vai ficar a nova unidade hoteleira em Santana, depois de edificado o projeto do arquiteto Rui Campos Matos
📷  DR  📷
Santana, no norte da ilha da Madeira, vai ter um novo hotel. Surgirá no Pico Tanoeiro, a poucas dezenas de metros do Hotel Quinta do Furão, que ficará com a sua gestão. Se tudo correr como previsto, neste momento, deverá abrir em maio do próximo ano, depois de um investimento estimado de 1 milhão de euros.

por Paulo Camacho

Desenho que pretende mostrar a graciosidade dos jardins
📷  DR  📷
O promotor é a Fundação Cecília Zino, que se dedica ao apoio a crianças carenciadas. Assim, a fundação construirá o hotel e depois beneficiar de 75% do lucro operacional.
O projeto é do arquiteto Rui Campos Matos, escolhido depois de um concurso proposto pelo promotor. Vai reabilitar o edifício antigo e interligar esse espaço secular com uma construção nova, que terá os quartos da unidade de 5 estrelas.
Conforme disse hoje ao Diário de Notícias Pedro Milheiro Costa, diretor do hotel Quinta do Furão (detido em 52% pela família Zino), o novo projeto pretende recuperar uma das casas mais emblemáticas de Santana, que está num estado de ruína avançado. A intenção é “voltar, passado mais de meio século, a dar-lhe a função de hotel”, referiu, lembrando que a casa foi por duas vezes hotel. Primeiro, em meados do século XIX, ligado à família Acciolli. E, posteriormente, no último quartel do século, foi adquirido por William Reid, que edificou no Funchal o Reid’s, atual Belmond Reid’s Palace.
Os registos antigos mais conhecidos do imóvel em ruínas, onde praticamente só sobram paredes, são de 1842. Fica no alto de um monte, à direita da Quinta do Furão, para quem está voltado para o mar.
A piscina do futuro hotel, podendo ver-se, à esquerda, a Quinta do Furão
📷  DR  📷
O projeto de Rui Campos Matos vai oferecer uma nova alma ao espaço, interligando o edificado histórico num casamento harmoniosos com um novo componente, com linhas contemporâneas, contemplando nesse trabalho a criação de 24 camas (12 quartos), um restaurante, uma piscina interior/exterior e um SPA.

O pequeno hotel, cujo nome ainda está em estudo, vai criar 7 empregos diretos e 5 indiretos.

1 comentário: