últimas notícias

Tiles Madeira o hotel dos icónicos azulejos

O rooftop do Tiles Madeira tem uma vista privilegiada
(foto: Tiles Madeira)
A diferença é abismal entre o novo Tiles Madeira hotel, inaugurado no dia 18, e a unidade que ali estava desde 1970, o aparthotel Gorgulho. Além de ganhar um estrela, que passam a ser quatro, a nova oferta não tem nada a ver com a anterior depois de sete meses de trabalho intenso. Hoje é um hotel moderno, apelativo, alinhado com os padrões atuais da hotelaria.

por Paulo Camacho

(foto: Tiles Madeira)
Esteticamente, o projeto respeitou as principais caraterísticas do edifício original. Os azulejos peculiares, azuis e brancos, e a estrutura da fachada mantiveram-se, tendo transportado os icónicos azulejos, que foram totalmente recuperados, para o nome e conceito do próprio hotel.
Também nos interiores e em alguns apontamentos decorativos do espaço podem ser encontradas referências aos motivos da fachada.
O novo quatro estrelas da Madeira oferece um rooftop panorâmico: o 360º Tiles, que dispõe de uma vista desafogada que permite aos visitantes contemplarem o oceano Atlântico e a cidade do Funchal.

‘O Madeirense’ abre em novembro

O Tiles Madeira Hotel disponibiliza dois restaurantes: o restaurante do hotel, que nesta fase de soft opening serve apenas pequenos-almoços, conta já com a assinatura do Chef Júlio Pereira, e entrará em funcionamento brevemente; e o famoso ‘O Madeirense’ que abrirá portas em novembro, com acesso direto para a Estrada Monumental e acessível a qualquer pessoa, independentemente de ser ou não hóspede do Tiles Madeira. É uma aposta do empresário madeirense Manuel Fernandes que faz furor em Lisboa com ‘O Madeirense’ no centro comercial Amoreiras, desde 1979.
Um dos 124 quartos do 4 estrelas
(foto: Tiles Madeira)
O hotel, com 11 pisos, tem 124 quartos e oferece aos hóspedes serviços de spa com salas para tratamentos, ginásio, duas piscinas exteriores, sendo uma para crianças. Por ali o cliente pode desfrutar de uma refeição ligeira ou de um cocktail servidos no bar da piscina. Dispõe ainda de garagem e de uma sala de reuniões.
Oferece wi-fi gratuito e dispõe de quartos para não-fumadores. Quartos que estão equipados com televisão por cabo, cofre, entre outras facilidades. O hotel não aceita animais de estimação.
A abertura da nova unidade permitiu criar mais 10 postos de trabalho, que se juntam aos 20 já existentes, sem contar com o ‘Madeirense’.

Seis milhões de euros


O hotel dos azulejos
(foto: Tiles Madeira)
O Tiles Madeira fica localizado na Rua do Gorgulho, n.º 1. Foi adquirido pela empresa de Carlos Pereira, a Pereira & Filhos Investimentos, ao Grupo Sousa, de Luís Miguel Sousa, que dono de metade da sociedade, e ao empresário Duarte Correia, que tinha os outros 50%. A compra do hotel e as obras profundas de remodelação custaram 6 milhões de euros, um investimento que contou com apoios comunitários através do programa Valorizar 2020.
Curiosamente, no dia da inauguração, quando Carlos Pereira, administrador da empresa proprietária da unidade, discursava, sensibilizava o Governo para acelerar os apoios, quando o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, que estava mesmo atrás, disse que tinha sido aprovado naquele mesmo dia, pelo que recebeu uma salva de palmas do empresário, que é igualmente presidente do Club Sport Marítimo.
A gestão do Tiles Madeira é da responsabilidade da Amazing Evolution, que já geriu o Choupana Hills, na Madeira (encerrado devido aos incêndios do verão de 2016).
Além do Tiles (azulejos), a gestora tem igualmente na Madeira o Palacete dos Zinos, na Ponta do Sol, no litoral sul da ilha, um boutique hotel, com 10 suites, também resultante de um investimento privado.
A empresa de gestão de unidades hoteleiras tem no seu portefólio alojamentos no Algarve, em Lisboa, na Região Centro e na Madeira e nos Açores.
Margarida Almeida, CEO da Amazing Evolution, já teve oportunidade de explicar que a empresa é uma entidade gestora, e não uma cadeia hoteleira. Lembra que a empresa surgiu por uma necessidade de mercado, no final de 2012. “Quando tinha acabado de abrir o Conrad, fui contatada por uma entidade estrangeira para enviar o nosso portefólio e sugeriram a nossa participação noutras unidades hoteleiras”, lembra Margarida Almeida.
A Amazing Evolution tem sob gestão cerca de 1.400 quartos/unidades de alojamento, das quais 860 estão em operação, 287 são unidades em asset management e 251 estão na fase de desenvolvimento.

O Conrad, no Algarve, é um dos ex-libris da portefólio da empresa. A Amazing tem ainda dois grandes projetos de assessoria e consultoria em carteira.

Sem comentários