últimas notícias

Aeroporto de Lisboa em polvorosa por causa de um erro

A fronteira das partidas esteve encerrada ontem temporariamente no Aeroporto de Lisboa
(foto: Paulo Camacho)
A ANA diz que a culpa foi de erro. Um erro de operação por parte da empresa de handling Groundforce no Aeroporto de Lisboa, que levou ontem ao fim da tarde ao atraso de 17 voos para não comprometer questões de segurança.

Numa operação efetuada por aquela empresa foram incorretamente desembarcados alguns passageiros do voo TAP 1482 com origem em Dakar, a capital do Senegal, em África.
Em termos cronológicos, a ANA, após detetar a situação envolveu as autoridades competentes tendo sido de imediato implementadas medidas de segurança pela PSP e pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).
A PSP procedeu à evacuação da área e à verificação de segurança, tendo sido pedido ao SEF o encerramento temporário da fronteira de partidas. Todas os passageiros no local foram encaminhados para a sala de chegadas de controlo de passaportes.
A situação foi detetada pelas 19h10 tendo sido totalmente normalizada a operação às 21h54 altura em que foi reaberta a fronteira de partidas.

A ANA diz lamentar os inconvenientes causados aos passageiros, tendo sido exigido à empresa Groundforce todos os esclarecimentos relativos a esta situação.

Sem comentários