últimas notícias

SAP Extreme vence na Madeira com Alinghi apenas a 3 pontos

Uma das partidas deste último dia de regatas, com os GC32 a sairem junto à Racing Village
(foto: Paulo Camacho)
Terminou a terceira etapa das Extreme Sailing Series, que decorreram na cidade do Funchal entre quinta-feira e hoje. Saiu vencedora a equipa que amealhou mais pontos em cada um dos quatro dias de prova: a SAP Extreme Sailing Team.
A equipa vencedora da etapa madeirense deste ano (à direita) e a segunda classificada, que ganhou o ano passado
(foto: Paulo Camacho)
No entanto, este último dia, com seis regatas, a última das quais com duplicação de pontos, acabou por conhecer uma luta acesa por parte da Alinghi, a equipa suíça que venceu o ano passado na Madeira e igualmente o campeonato de 2016 das Extreme Sailing Series. A Alinghi terminou em segundo lugar, a três pontos do primeiro lugar.
Além disso, esta tarde quente de domingo viu o regresso da equipa austríaca da Red Bull, depois de ontem ter conhecido um percalço e ficar com o GC32 voltado ao contrário, com o mastro para o fundo do mar. Após ser colocado em terra, nos estaleiros de São Lázaro, e de ter sido alvo de trabalhos pela noite dentro, ficou operacional ao ponto de ter ganho duas das seis regatas de hoje. E terminou a etapa madeirense em quarto lugar.
A equipa portuguesa, a Extreme Team, onde estavam os portugueses Mariana Lobato, skipper, e Paulo Manso (madeirense), terminou no último lugar.
Uma última nota para referir que há exceção do segundo dia de regatas, as fotografias que acompanharam os textos do dia das regatas, foram obtidas a uma grande distância do mar, desde a zona do Convento de Santa Clara. Uma evidência de que estas corridas podem ser vistas com mais emoção de perto, desde a Racing Village, no cais 8 do Porto do Funchal, mas também existem outros pontos de onde pode ser presenciada, igualmente com muito interesse.

Classificação final da 3.ª etapa das Extreme Sailing Series

A classificação final da 3.ª etapa das Extreme Sailing Series, no quarto dia de provas na baía do Funchal, na ilha da Madeira, com seis corridas, ficou ordenada da seguinte forma:
  • SAP Extreme Sailing Team (Dinamarca), 228 pontos;
  • Alinghi (Suíça), 225 pontos;
  • Oman Air (Omã) 220 pontos;
  • Red Bull Sailing Team (Áustria), 199 pontos;
  • NZ Extreme Sailing Team (Nova Zelândia), 195 pontos;
  • Land Rover BAR Academy (Reino Unido), 169 pontos;
  • Extreme Team (Portugal, equipa convidada), 150 pontos.

Classificação do 3.º dia, sábado

A classificação do segundo dia, com uma prova, contra as seis do primeiro dia, e as oito do segundo, ficou ordenada da seguinte forma:
  • SAP Extreme Sailing Team (Dinamarca), 159 pontos;
  • Oman Air (Omã) 152 pontos;
  • Alinghi (Suíça), 150 pontos;
  • NZ Extreme Sailing Team (Nova Zelândia), 134 pontos;
  • Red Bull Sailing Team (Áustria), 131 pontos (mesmo sem correr foram atribuídos 6 pontos do último lugar);
  • Land Rover BAR Academy (Reino Unido), 114 pontos;
  • Extreme Team (Portugal, equipa convidada), 105 pontos.

Classificação do segundo dia

A classificação do segundo dia, com oito provas, contra as seis do primeiro dia, ficou ordenada da seguinte forma:
  • SAP Extreme Sailing Team (Dinamarca), 148 pontos;
  • Oman Air (Omã) 142 pontos;
  • Alinghi (Suíça), 138 pontos;
  • NZ Extreme Sailing Team (Nova Zelândia), 125 pontos;
  • Red Bull Sailing Team (Áustria), 125 pontos;
  • Land Rover BAR Academy (Reino Unido), 106 pontos;
  • Extreme Team (Portugal, equipa convidada), 98 pontos.

1.º dia de provas

No primeiro dia de provas a classificação geral ficou assim ordenada:
  • SAP Extreme Sailing Team (Dinamarca), 64 pontos;
  • NZ Extreme Sailing Team (Nova Zelândia), 62 pontos;
  • Alinghi (Suíça), 54 pontos;
  • Oman Air (Omã) 54 pontos;
  • Red Bull Sailing Team (Áustria), 52 pontos;
  • Land Rover BAR Academy (Reino Unido), 51 pontos;
  • Extreme Team (Portugal, equipa convidada), 41 pontos.

De referir que no final desta terceira etapa, a equipa Alinghi ainda continua na frente do campeonato, embora, agora, apenas a um ponto de diferença da SAP Extreme, conforme pode ver no quadro seguinte:


Sem comentários