últimas notícias

SAP Extreme na frente mas com Oman Air muito perto

A equipa SAP Extreme mante o primeiro lugar no segundo dia de provas no Funchal
(foto: Paulo Camacho)
O segundo dia de provas das Extreme Sailing Series, que decorre na Madeira até amanhã, domingo, trouxe mexidas na ordem de classificação das equipas. No entanto, apesar de estar com o segundo team mais perto, a  SAP Extreme Sailing Team manteve a liderança que conquistou no primeiro dia de corridas na baía do Funchal na 3.ª etapa mundial das Extreme Sailing Series.

A SAP Extreme manteve o 1.º lugar mas ficou ontem com a equipa da Oman Air a escassos 6 pontos
(foto: Paulo Camacho)
O dia de ontem caraterizou-se por apresentar mais algum vento, mas mesmo assim, não o ideal para estes veleiros super-rápidos tirarem partido de todo o seu potencial. Não obstante, permitiu que quem presenciou as corridas tenha-se visto um bonito estetáculo.

Classificação do 2.º dia

A classificação do segundo dia, com oito provas, contra as seis do primeiro dia, ficou ordenada da seguinte forma:
  • SAP Extreme Sailing Team (Dinamarca), 148 pontos;
  • Oman Air (Omã) 142 pontos;
  • Alinghi (Suíça), 138 pontos;
  • NZ Extreme Sailing Team (Nova Zelândia), 125 pontos;
  • Red Bull Sailing Team (Áustria), 125 pontos;
  • Land Rover BAR Academy (Reino Unido), 106 pontos;
  • Extreme Team (Portugal, equipa convidada), 98 pontos.

1.º dia de provas

No 1.º dia de provas a classificação ficou assim ordenada:
  • SAP Extreme Sailing Team (Dinamarca), 64 pontos;
  • NZ Extreme Sailing Team (Nova Zelândia), 62 pontos;
  • Alinghi (Suíça), 54 pontos;
  • Oman Air (Omã) 54 pontos;
  • Red Bull Sailing Team (Áustria), 52 pontos;
  • Land Rover BAR Academy (Reino Unido), 51 pontos;
  • Extreme Team (Portugal, equipa convidada), 41 pontos.


A prova principal com os barcos à vela super-rápidos GC32 tem esta tarde o terceiro dia de provas, que pode ser assistida confortavelmente na Racing Village, situada no cais 8, junto à Praça do Povo.

Sem comentários