últimas notícias

easyJet e sindicato assinam acordo para os pilotos em Portugal

A companhia de aviação britânica easyJet e o Sindicato de Pilotos da Aviação Civil revelaram ontem a existência o primeiro acordo de contratação coletiva de trabalho para os pilotos que voam na transportadora em Portugal.

A easyJet e o sindicato referem que o acordo de empresa agora assinado “possibilita a elevação das condições de prestação do trabalho dos pilotos da base portuguesa da easyJet (atuais e futuros)" e que vem colocar a transportadora em “melhor posição para atrair e recrutar pilotos com um nível qualitativo mais elevado, bem como com uma maior experiência profissional o que se traduzirá, inevitavelmente, numa maior qualidade da sua operação".
Além disso, o acordo agora rubricado vem oferecer aos pilotos da easyJet a “estabilidade e o enquadramento laboral necessários para que possam, com tranquilidade, empenhar-se diariamente na execução de trabalho de qualidade". Por outro lado, a companhia passa a dispor da “base de planeamento que necessita para, de uma forma competitiva e eficiente continuar a fazer crescer a sua operação em Portugal para os níveis que há muito almeja".
O diretor-geral da easyJet para Portugal, Espanha e Holanda, Javier Gandara, diz que o acordo reafirma a intenção de garantir condições justas e competitivas para os pilotos no mercado em que operam.
Por seu turno, o presidente da direção do SPAC, David Paes, reconhece o “nível de responsabilidade social evidenciados pela easyJet na condução deste tema, salientando a elevadíssima importância de que se reveste a contratação coletiva na atividade profissional de piloto comercial de linha aérea".
O acordo sucede a um princípio de entendimento recente entre o sindicato e a companhia. Um princípio de entendimento que possibilitou a criação do primeiro Acordo de Empresa na jurisdição portuguesa.

A easyJet tem base operacional em Portugal há cerca de cinco anos.

Sem comentários