últimas notícias

Porto Santo aquece para os meses de maior procura

As unidades hoteleiras do Porto Santo estão em pleno e esgotam as suas capacidades de alojamento nestes meses mais quentes de verão. Além disso, às operações charter que chegam do estrangeiro, existem as do mercado nacional, que, cada vez mais descobre ou redescobre este tesouro idílico no meio do Atlântico.

A “Ilha dourada”, como é também conhecida, dispõe de 14 empreendimentos, que oferecem 3.154 camas. Constituem uma pequena parte do parque hoteleiro da Região Autónoma da Madeira que, no seu conjunto, tem 229 empreendimentos turísticos, com uma capacidade de alojamento total de 30.435 camas.
No caso do Porto Santo, há um fenómeno com décadas que assenta na procura de casas próprias, de amigos ou de familiares ou mesmo de outras pessoas, que arrendam para passar férias de verão. Até a chegada em maior número dos turistas estrangeiros e mesmo dos nacionais, eram os madeirenses que preenchiam o verão da segunda mais habitada ilha da Região Autónoma da Madeira. Existiam turistas de fora do arquipélago, mas eram poucos, e, há muitos mais anos, existia um hotel e residenciais.
No entanto, hoje, além do parque hoteleiro ter ampliado e melhorado substancialmente, com a ilha a dispor entre as suas unidades de dois cinco estrelas, a verdade é que o fenómeno antigo não só continua como foi muito ampliado. O número de casas e de apartamentos conheceu um grande incremento não só para os que lá residem como também para madeirenses e mesmo estrangeiros que têm lá segundas habitações que aproveitam para arrendar nas alturas em que não precisam delas. Daí não causar espanto quando uma pesquisa rápida no portal HomeAway mostra mais de 60 casas ou apartamentos para arrendar para quem quiser ficar hospedado fora da hotelaria tradicional.
No entanto, pese embora o verão continue a vender-se quase por si próprio, a verdade é que a sazonalidade, embora tenda a esbater, deixa marcas. Seja como for, o aeroporto do Porto Santo registou, de janeiro a abril, crescimentos de 12,8% no número de passageiros (mais de 30 mil pessoas), e de 11,5% nos movimentos de aviões.

Realidades

Recentemente fomos ao Porto Santo e vimos muitas lojas de comércio tradicional encerradas no coração da capital da ilha a cidade de Vila Baleira. Além disso, confidenciam que no inverno a restauração não dispõe de muita oferta. E encontramos algumas estradas ainda sem as devidas condições para acolher a grande enchente dos próximos meses.
Mas como é de verão que escrevemos, vamos focar nesta época do ano.
Em primeiro lugar referir que a Madeira e o Porto Santo são ligados diariamente pelo navio da Porto Santo Line. Por vezes, o Lobo Marinho chega a fazer duas viagens em cada sentido para responder à procura. O navio tem capacidade para transportar 1.150 passageiros e 145 viaturas.
Além do barco, felizmente, mesmo sem concurso, as duas ilhas vão continuar a ser ligadas pela companhia de aviação Aerovip. Apesar de terminar por estes dias o contrato com o Estado, Lisboa contratou a companhia portuguesa para continuar a operar durante mais um ano, sendo que o avião Jetstream 32, com capacidade para 19 pessoas, que está sediado no Porto Santo, chega a fazer três viagens (em cada sentido) entre as duas ilhas.
Depois existem os voos regulares da TAP de Lisboa.
Em termos de ligações internacionais, o Porto Santo recebe voos diretos do Londres, Birmingham e Manchester (Reino Unido), de Dusseldorf (Alemanha) e de Milão (Itália), maioritariamente concretizadas durante o verão.
No que respeita aos voos nacionais, este ano, as operações de verão para a ilha do Porto Santo terão início a 8 de junho e terminam no final de setembro.
A antecipação dos voos charter, a partir de Lisboa e do Porto, são da responsabilidade dos operadores turísticos portugueses Sonhando, Solférias e Halcón. A operação terá uma frequência semanal às segundas-feiras.

A ilha

O Porto Santo fica situada no Oceano Atlântico, no extremo sudoeste europeu, apenas a 500 quilómetros da costa africana e a 1.000 quilómetros do continente europeu, a menos de uma hora e meia de voo de Lisboa.
A hospitalidade e simpatia da população, o clima ameno durante todo o ano, as paisagens únicas, a par da riqueza e variedade dos recursos naturais, históricos e culturais, constituem razões para descobrir a ilha.
É banhada por águas turquesas, sendo a sua principal caraterística a praia de areia fina e dourada que, estendendo-se ao longo de 9 quilómetros, convida a banhos de sol e de mar.
Saúde e bem-estar andam de mão dada nesta magnífica praia. Para além das águas translúcidas, a areia tem propriedades terapêuticas. É muito suave, leve e pouco abrasiva e é composta principalmente por carbonato de cálcio, sob forma de calcite, que lhe confere propriedades térmicas muito particulares.
Além da praia, a cidade de Vila Baleira conta histórias e lendas de um passado mais ou menos remoto, como é o caso da Casa Museu, onde em tempos terá vivido Cristóvão Colombo.

A segurança, associada à simpatia de gentes, fazem igualmente da ilha do Porto Santo um lugar privilegiado.

Sem comentários