últimas notícias

É importante os mais novos contactarem com a realidade turística

A entrega dos kits do projeto  “Descubra a Madeira – Turismo na Escola”, começou esta sexta-feira no Funchal. Estamos perante uma iniciativa da responsabilidade da Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura, em parceria com a Secretaria Regional de Educação. A intenção é que venha a abranger um universo aproximado de 16 mil alunos dos 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico das escolas desta Região Autónoma da Madeira.

Como referimos, a capital da ilha da Madeira foi o primeiro concelho abrangido, com a entrega de 7.799 kits às 44 escolas dos 1.º e 2.º Ciclos do Funchal. Por isso mesmo, na tarde do dia 10 decorreram três cerimónias simbólicas, nomeadamente na EB123/PE Bartolomeu Perestrelo, na EB1/PE com Creche da Nazaré e ainda na EB1 do Tanque (Santo António), onde representantes dos 44 estabelecimentos de ensino abrangidos receberam o material deste projeto
Na ocasião, o secretário regional da Economia, Turismo e Cultura explicou que o projeto envolve as escolas de forma propositada. “Nenhum destino turístico se pode afirmar como tal se não servir primeiro a população local”.
Eduardo Jesus disse que entenderam que ”era importantíssimo que nas camadas mais jovens existisse a oportunidade de contatar com a realidade do turismo de forma espontânea e simultaneamente natural”. Acrescentou que aquilo que fazem com este projeto “é exatamente isso: deixar junto dos alunos dos 1.º e 2.º ciclos uma mensagem turística e a caraterização do que é este destino turístico para que cada um de nós sinta o que se está a fazer na Madeira e possa ser um turista neste arquipélago, beneficiar daquilo que temos para oferecer a quem nos visita”.
O governante, que agradeceu o apoio da Secretaria Regional de Educação neste projeto, referiu ainda que o “Descubra a Madeira – Turismo na Escola” está enquadrado numa lógica reconhecida pela Organização Mundial de Turismo, e contempla a entrega de material escolar, nomeadamente de uma mochila que contém um estojo com canetas, borrachas e lápis, mas também algum conteúdo didático, como um passaporte cultural, um livro para colorir que conta os episódios mais marcantes da história da Região e alguma informação turística. “Estando cada um de nós melhor formado em relação à nossa história, à nossa cultura e aquilo que utlizamos para promover o turismo, também somos, cada um de nós, melhores agentes para transmitir e aprofundar esta atividade económica que é muito importante para a Madeira”, ressalvou.

A entrega dos kits do “Descubra a Madeira – Turismo na Escola” prosseguiu esta segunda-feira no Porto Santo, na EB1/PE com Creche do Campo de Baixo.

Sem comentários