últimas notícias

Hotelaria da Madeira lidera preços no país

Uma das vistas do Castanheiro Boutique Hotel, no Funchal
(foto: Paulo Camacho)
Pelo terceiro mês consecutivo, a Madeira era em fevereiro deste ano, a região de Portugal com a maior subida de preços da hotelaria.
Os dados do trivago Hotel Price Index evidenciam que no segundo mês do ano registou um aumento de 10% face ao período homólogo e que viu o seu preço médio aumentar dos 80 euros para os 88 por noite. A média nacional fixou-se nos 76 por quarto duplo, o que representou um crescimento de 2,70% face a 2016, quando o preço médio não ultrapassou os 74por noite. Em 2015, o preço foi de 66.
Segundo dados do motor de busca trivago, a hotelaria madeirense esteve em destaque com um crescimento de 10% face ao período homólogo, o maior desenvolvimento do mês em Portugal. Depois de aumento de 6,10% em dezembro de 2016 e 5% em janeiro de 2017, a Madeira era a região do país com o crescimento mais expressivo a nível nacional pelo terceiro mês consecutivo. Em fevereiro apresentava preços de 88€, contra os 84 de janeiro e os 80 de fevereiro do ano passado. Traduziu uma variação positiva de 10% em relação a período homólogo de 2016 e igualmente uma variação positiva em relação ao mês anterior de 4,76%.
Em segundo lugar surgia Lisboa, com um crescimento dos preços hoteleiros de 5%, e na terceira posição a região algarvia, com um aumento dos preços de 3,03%.
A Norte não houve alterações do preço médio em relação ao ano passado (68€ por noite), mas tanto o Centro (-3,08%), como os Açores (-6,15%) e o Alentejo (-6,67%) estavam no negativo em relação ao período homólogo.
Entre as principais cidades portuguesas, Faro (+19,57%), Póvoa de Varzim (+9,62%) e Lisboa (+7,50%) eram as localidades que protagonizaram as maiores subidas de preços em relação ao mesmo período no ano passado. Sintra (-19,32%), Peniche (-15,38%) e Estoril (-14,86%) eram as localidades com as quebras mais significativas.
Cascais, Funchal e Lisboa eram as localidades mais caras do país em fevereiro deste ano, com um custo médio de 105, 92 e 86 por noite, respectivamente. Já Peniche (44), Braga (51) e Fátima (52) eram os destinos nacionais mais acessíveis durante o mês de fevereiro.

Sem comentários