últimas notícias

Porto do Funchal perde mais de 5 mil passageiros em fevereiro

O Porto do Funchal conta este mês de fevereiro com a escala de 21 navios de cruzeiro. No global, têm capacidade para transportar 40,4 mil passageiros e 14 mil tripulantes tripulantes.

A acontecer este movimento de cruzeiristas, traduzirá a entrada direta na economia da Madeira de cerca de 2,8 milhões de euros, apenas com origem nos gastos médios que cada passageiro faz em terra, sem contar com os pagamentos que a companhia tem de suportar em cada escala por serviços, taxas e aquisição de produtos.
Em comparação, o Porto de Lisboa terá este mês apenas a escala de dois pequenos navios de cruzeiro, do AIDAcara e do Berlin, os quais, no conjunto, têm capacidades para cerca de 1.500 passageiros.

As escalas na Madeira
Quanto às escalas programadas para o Porto do Funchal são as seguintes: "Saga Pearl II", dia 1, "AIDAcara", dia 1, "MSC Magnifica", nos dias 5 e 27, "Thomson Majesty", nos dias 6, 13, 20 e 27,  "AIDAblu", nos dias 6, 13, 20 e dia 27, "AIDAsol", nos dias 7, 14, 21 e 28, "Balmoral", no dia 8,  "Mein Schiff 2", nos dias 14 e 28, "Norwegian Spirit", no dia 19, e "Ventura", no dia 25.
As 21 escalas programadas são iguais, em número, às do ano passado, em período homólogo. No entanto, as escalas de fevereiro de 2016 representaram -19,23% do que em igual mês de 2015.
Se compararmos o número de passageiros que estiveram na Madeira em fevereiro do ano passado com o potencial que pode estar este ano, pelo menos nos navios que estão programados, há uma redução de cinco mil passageiros.
Em fevereiro de 2016, os 45,6 mil passageiros que passaram pelo Porto do Funchal representaram já uma queda de 7,39%, em comparação com fevereiro de 2015.
O número de tripulantes dos navios também será menor este ano já que em 2016 estiveram cá 16 mil elementos nas 21 escalas.

Sem comentários