últimas notícias

Tejo ruma hoje à Madeira onde fica 3 meses

»»»» fotografia Marinha Portguesa «««««
O NRP Tejo, da Marinha Portuguesa, parte hoje de Lisboa em direção à Zona Marítima da Madeira, onde vem cumprir a sua primeira missão durante um período de três meses. A saída do navio P590 acontece depois da cerimónia agendada para hoje mesmo, alusiva à entrega do símbolo da Autoridade Marítima Nacional a esta unidade naval e a mais outra que ruma aos Açores.

Uma cerimónia que se insere no quadro de intervenção institucional da Autoridade Marítima Nacional, da qual decorre a necessidade da utilização das unidades navais da Marinha em apoio a funções próprias da autoridade marítima, devendo, por tal facto, estarem devidamente identificadas.
O Tejo, modelo Stanflex 300, é o primeiro de quatro navios adquiridos à Dinamarca. Chegou a Portugal no dia 12 de maio de 2015 tendo sido aumentado ao efetivo dos navios da Marinha a 5 de maio deste ano.
Foi entretanto modernizado nos estaleiros da Arsenal do Alfeite, em Portugal, permitindo concretizar a substituição progressiva dos atuais navios patrulhas da classe Cacine, em serviço há mais de 40 anos, e que têm sido presença quase contínua nos mares da Madeira.
Trata-se de um navio destinado a operar junto a zonas costeiras em missões de vigilância, patrulha e defesa.
Após a ação de modernização, está vocacionado para funções de segurança e autoridade do Estado no mar, guarnecer o dispositivo naval padrão da Marinha na Região Autónoma da Madeira, reforçar a capacidade de resposta a situações de busca e salvamento, contribuir para o esforço de fiscalização marítima, apoio aos órgãos de proteção civil regionais em situações de calamidade ou catástrofe naturais, e cooperar com outros departamentos do Estado com competências no mar.

Sem comentários